Category Archives: GP3 Series

Lewis Williamson assina com a Status GP na GP3

Lewis Williamson

Lewis Williamson está de volta à GP3. Depois de fazer parte do programa de jovens pilotos da Red Bull por apenas cinco corridas nas World Series by Renault, o escocês acertou, nesta quarta-feira, o regresso à categoria que disputou em 2011, onde venceu uma etapa e chamou a atenção dos olheiros rubro-taurinos. Williamson vai competir na etapa de Hockenheim da GP3, marcada para este final de semana, pela Status. O escocês entra no lugar do nipónico Kotaro Sakurai, que enfrenta problemas com patrocinadores.

O chefe da equipa irlandesa, Paul Bellringer, não poupou elogios ao novo contratado e afirmou que Williamson é o nome certo para substituir Sakurai. “O Lewis é o substituto ideal para fazer parte do nosso plantel neste final de semana. Ele já conhece o carro da GP3, desde a temporada passada, e é muito talentoso. A Status já o observava há algum tempo e estamos ansiosos por trabalhar com ele na Alemanha”, declarou.

Williamson, por sua vez, afirmou que precisa de um bom resultado na Alemanha para dar prosseguimento à carreira. “Eu já conheço algumas pessoas na Status, e esta é uma grande oportunidade. Eu sei que preciso aproveitar ao máximo esta oportunidade em Hockenheim, neste final de semana, e assegurar-me de ter feito tudo certo. Nós só precisamos de fazer progressos nos treinos e nas corridas e ver o que acontece”, disse.

O escocês elogiou, ainda, os companheiros de equipa Marlon Stockinger e Alice Powell, contra quem correu no início da carreira. “Será bom correr com o Marlon e a Alice. Eu já os conheço da nossa época na Fórmula Renault Inglesa, por isso sei que me vou adaptar fácil e vamos trabalhar bem juntos”, encerrou.

Anúncios

Ocean à porta do pódio na GP2 Series em Silverstone

Nigel Melker

A Ocean Racing Technology esteve este fim-de-semana em plano de evidência na GP2 Series em Silverstone. Apesar das condições atmosféricas adversas a equipa portuguesa e o seu piloto Nigel Melker conseguiram terminar a primeira corrida à beira do pódio e a segunda no sexto lugar.

Victor Guerin o representante brasileiro da equipa nacional continua o seu processo de evolução na categoria. Nunca tinha corrido no traçado de Silverstone e fê-lo logo em condições atípicas. A primeira corrida correu bem no início mas  perto do final, e depois de várias intervenções do ‘safety-car’, viria a cair para o 18º lugar final. Na segunda prova entrou em ‘aqua planning’ na volta de formação e não chegou a arrancar para a corrida.

A satisfação pela boa performance de Melker era generalizada no seio da equipa portuguesa: “Estou muito contente por estes resultados. Foram duas corridas muito difíceis e muito disputadas. Era um resultado que perseguia há bastante tempo. Estamos todos de Parabéns e espero manter este ritmo daqui em diante em todas as provas”, rematou Nigel Melker.

Victor Guerin apesar de tudo estava satisfeito: “Estrear-me neste circuito com tanta chuva não foi a mais fácil das tarefas mas até que correu bem. Claro que gostava de ter tido oportunidade de fazer a segunda corrida. Mas acredito que mais tarde ou mais cedo o meu trabalho vai dar frutos”, disse.

Tiago Monteiro e José Guedes congratularam o trabalho da sua equipa num fim-de-semana particularmente complicado: “É uma motivação extra para toda a estrutura. O Nigel esteve bastante bem e merece estes resultados. Vamos continuar o nosso trabalho que acreditamos está no bom caminho para voltar a repetir as boas prestações nas próximas corridas”, remataram os responsáveis da Ocean que acompanharam de perto o desempenho da sua equipa.

Ocean continua a somar pontos na GP3 Series

Kevin Ceccon

Foi um fim-de-semana particularmente difícil em Silverstone com as condições atmosféricas adversas a desempenharem o papel principal em ambas as corridas da jornada. A Ocean Racing Technology voltou a somar pontos em ambas as mangas através do piloto italiano Kevin Ceccon com o oitavo e sétimo lugares. Robert Cregan continua o seu processo de adaptação e evolução e concluiu as corridas na 20ª e 15ª posições. A representante feminina da equipa Carmen Jorda viu-se impossibilitada de disputar as duas corridas. A piloto espanhola chegou a Silverstone em estado febril e indisposta. Ainda tentou fazer a qualificação mas não estava em condições de se manter em pista.

Na primeira corrida Kevin Ceccon largou da sétima posição da grelha e terminou no oitavo lugar o que lhe permitiu sair da ‘pole position’ na segunda prova. No entanto, o italiano não conseguiu segurar o primeiro lugar. As previsões indicavam chuva durante a corrida e isso levou a uma escolha de pneus que se revelaria menos acertada pois a prova decorreu a seco: “Foi um fim-de-semana muito duro mas igualmente positivo. O facto de termos conseguido pontuar em ambas as corridas foi bastante bom. Infelizmente na corrida de hoje a escolha de pneus acabou por não ser a ideal e não consegui segurar as primeiras posições”, disse.

Robert Cregan enfrentou um dos mais complicados fins-de-semana da sua carreira: “Foram duas corridas muito difíceis mas aprendi bastante. Na segunda prova do fim-de-semana estive perto de terminar no top 10. Ainda não foi desta mas acho que estamos no caminho certo para atingir esse objectivo”, explicou o irlandês.

A quinta jornada da GP3 Series decorre a 21 e 22 de Julho no traçado alemão de Hockenheim.

Will Buller vence corrida de trás para a frente; António Félix da Costa ainda foi 2º mas acabou em 6º

António Félix da Costa

De último para primeiro. Esta foi a prova de Will Buller na GP3 neste domingo, em Silverstone. Numa corrida que começou com a pista molhada, mas que secou rapidamente, o norte-irlandês largou em 25º e cruzou a linha de chegada na primeira posição com uma vantagem de 8,5s para o segundo classificado, Conor Daly. Isto numa bateria curta, de apenas 14 voltas.

O que Buller fez para dar o salto do gato sobre os rivais e chegar ao primeiro posto foi a escolha dos pneus que seriam utilizados em uma pista escorregadia em Silverstone. A estratégia perfeita contribuiu para o feito impressionante do piloto da Carlin.

Não dava para começar com pneus slicks. Prova disso é que Alex Brundle e Conor Daly tentaram e se deram mal nas primeiras voltas, o norte-americano, porém, recuperaria e subiria ao pódio. Buller precisou de ser muito cuidadoso, pois, assim como os demais pilotos que fizeram a mesma opção.

O Pole-position, Kevin Ceccon manteve a liderança na partida, mas logo foi ultrapassado por Tio Ellinas, antes mesmo de uma volta ser completada. Enquanto a pista estava molhada, Ellinas liderou Antonio Félix da Costa, vencedor da corrida de sábado, português que se encontrava em segundo lugar, e a ganhar tempo ao cipriota.

Quando a pista secou e os pilotos foram parando nas boxes, Patric Niederhauser, Robert Visoiu e Félix da Costa decidiram arriscar e manter os compostos desgastados de pista molhada. Não deu certo, pois logo quem tinha pneus slicks estava bem melhor.

Na décima volta, Buller assumiu a liderança, passando por Niederhauser, que viria a terminar em terceiro, atrás de Daly. Nas quatro voltas que se seguiram, a vantagem que Buller construiu para Patric foi de 30s. Impressionante.

Ellinas foi o melhor dos pilotos que pararam nas boxes para tirar os pneus de chuva e colocar pneus slicks. Visoiu terminou em quinto, logo à frente de António Félix da Costa. O português tem agora 58 pontos, menos 42 do que o líder, Mitch Evans.

Confira os resultados:

Pos Driver Team Time/Gap
 1.  Will Buller             Carlin      29m49.526s
 2.  Conor Daly              Lotus         + 8.577s
 3.  Patric Niederhauser     Jenzer       + 30.017s
 4.  Tio Ellinas             Manor        + 37.529s
 5.  Robert Visoiu           Jenzer       + 52.038s
 6.  Antonio Felix da Costa  Carlin     + 1m03.722s
 7.  Kevin Ceccon            Ocean      + 1m05.954s
 8.  Fabio Gamberini         Atech CRS  + 1m06.482s
 9.  Fabiano Machado         Manor      + 1m07.321s
10.  Alex Brundle            Carlin     + 1m20.941s
11.  Mitch Evans             MW Arden   + 1m22.894s
12.  Facu Regalia            Jenzer     + 1m23.503s
13.  Kotaro Sakurai          Status     + 1m24.283s
14.  Tamas Pal Kiss          Atech CRS  + 1m28.143s
15.  Robert Cregan           Ocean      + 1m44.079s
16.  Giovanni Venturini      Trident    + 1m52.403s
17.  Ethen Ringel            Atech CRS  + 1m54.151s
18.  Matias Laine            Lotus          + 1 lap
19.  Antonio Spavone         Trident        + 1 lap

Retirements:

     Dmitry Suranovich       Manor          12 laps
     Vicky Piria             Trident        12 laps
     Daniel Abt              Lotus          11 laps
     Marlon Stockinger       Status         11 laps
     Aaro Vainio             Lotus          11 laps
     Alice Powell            Status          9 laps

António Félix da Costa vence de forma imperial em Silverstone

António Félix da Costa

António Félix da Costa continua a mostrar para a Red Bull que a empresa fez uma excelente escolha ao contratá-lo. Depois de ter sido anunciado como parte do programa de jovens pilotos da equipa austríaca, o piloto português dominou a primeira corrida da etapa de Silverstone da GP3, disputada neste sábado.

Félix Da Costa largou apenas na terceira posição, mas aproveitou-se de uma má partida de Aaro Vainio, o segundo classificado, para saltar para a vice-liderança ainda na reta principal. De seguida, o piloto luso pressionou o líder Mitch Evans e conseguiu a ultrapassagem na saída da terceira curva.

A partir da aí, os dois primeiros classificados foram como gato e rato. Félix da Costa conseguia marcar a volta mais rápida da corrida, mas Evans dava o troco loco de seguida. Porém, pouco a pouco, o português foi conseguindo distanciar-se do adversário, conforme a pista ia secando.

Assim, sem chances de hipóteses pela primeira posição, o neozelandês precisou de se preocupar com os ataques de Vainio, que começava a tirar a diferença. Isto beneficiou Félix da Costa, que pôde seguir firmemente rumo à bandeira axadrezada para comemorar a primeira vitória em 2012, após alguns finais de semanas bastante conturbados e cheios de acidentes e punições.

Evans conseguiu segurar Vainio e terminou em segundo, aumentando vantagem para o finlandês na liderança do campeonato. Daniel Abt encerrou em quarto, enquanto Conor Daly foi o quinto, depois de fazer uma série de ultrapassagens na fase inicial da corrida. Apesar disso, o americano quase acabou superado por Tio Ellinas, na linha de chegada, ao terminar com uma vantagem de apenas 0,15s para o cipriota.

Alex Brundle, Kevin Ceccon, Matias Laine e Patric Niederhauser completaram o grupo dos dez primeiros.

Confira os resultados:

Pos Driver Team Time/Gap
 1.  Antonio Felix da Costa  Carlin      27m14.410s
 2.  Mitch Evans             MW Arden      + 7.062s
 3.  Aaro Vainio             Lotus         + 8.783s
 4.  Daniel Abt              Lotus        + 16.136s
 5.  Conor Daly              Lotus        + 22.156s
 6.  Tio Ellinas             Manor        + 22.325s
 7.  Alex Brundle            Carlin       + 38.448s
 8.  Kevin Ceccon            Ocean        + 41.719s
 9.  Matias Laine            MW Arden     + 42.314s
10.  Patric Niederhauser     Jenzer       + 44.489s
11.  Tamas Pal Kiss          Atech CRS    + 53.795s
12.  Robert Visoiu           Jenzer     + 1m00.061s
13.  Giovanni Venturini      Trident    + 1m02.451s
14.  Facu Regalia            Jenzer     + 1m03.081s
15.  Kotaro Sakurai          Status     + 1m05.140s
16.  Marlon Stockinger       Status     + 1m12.707s
17.  Alice Powell            Status     + 1m26.048s
18.  Vicky Piria             Trident    + 1m34.318s
19.  Fabiano Machado         Manor      + 1m38.754s
20.  Robert Cregan           Ocean      + 1m39.170s
21.  Antonio Spavone         Trident    + 1m39.960s
22.  Dmitry Suranovich       Manor      + 1m40.812s
23.  Fabio Gamberini         Atech CRS      + 1 lap

Retirements:

     Ethen Ringel            Atech CRS       2 laps
     Will Buller             Carlin          0 laps

Mitch Evans bate concorrência e conquista pole-position; António Félix da Costa parte de 3º

António Félix da Costa

Líder da temporada, Mitch Evans vai largar na frente da primeira etapa do fim de semana da GP3 em Silverstone, neste sábado. Numa qualificação tranquila no tradicional circuito britânico, o piloto da MW Arden arrancou 1:51:892 e foi 0,324s mais rápido do que o seu principal rival na luta pelo título, Aaro Vainio, com quem dividirá a primeira fila da grelha de partida.

Vainio, aliás, garantiu por muito pouco o seu lugar na primeira fila em Silverstone. O finlandês da Lotus virou em 1:52:216, apenas 0,017s mais rápido que o português Antonio Félix da Costa, novo piloto do programa de desenvolvimento de jovens da Red Bull. O português, que corre pela Carlin na GP3, vai largar ao lado de Matias Laine, companheiro de Evans na MW Arden.

A terceira fila da grelha é toda da Lotus, com Conor Daly a largar em quinto, seguido por Daniel Abt. Kevin Ceccon, ex-GP2 e que corre pela GP3 neste ano, sai em sétimo com o carro da Ocean. Ao lado do italiano vai largar Williams Buller. Kotaro Sakurai, ex-F3 Inglesa, e David Fumanelli completam o rol dos dez primeiros.

Facundo Regalia, argentino radicado na Espanha, faz a sua primeira prova na GP3. O piloto, que assinou com a Jenzer para correr a partir de Silverstone, vai largar em 14º.

Confira os tempos:

Pos Driver Team Time Gap
 1.  Mitch Evans             MW Arden   1m51.892s
 2.  Aaro Vainio             Lotus      1m52.216s  + 0.324s
 3.  Antonio Felix da Costa  Carlin     1m52.233s  + 0.341s
 4.  Matias Laine            MW Arden   1m52.332s  + 0.440s
 5.  Conor Daly              Lotus      1m52.519s  + 0.627s
 6.  Daniel Abt              Lotus      1m52.543s  + 0.651s
 7.  Kevin Ceccon            Ocean      1m52.572s  + 0.680s
 8.  Will Buller             Carlin     1m52.648s  + 0.756s
 9.  Kotaro Sakurai          Status     1m52.807s  + 0.915s
10.  David Fumanelli         MW Arden   1m52.921s  + 1.029s
11.  Tamas Pal Kiss          Atech CRS  1m52.930s  + 1.038s
12.  Alex Brundle            Carlin     1m53.133s  + 1.241s
13.  Tio Ellinas             Manor      1m53.536s  + 1.644s
14.  Facu Regalia            Jenzer     1m53.549s  + 1.657s
15.  Giovanni Venturini      Trident    1m53.624s  + 1.732s
16.  Vicky Piria             Trident    1m53.769s  + 1.877s
17.  Alice Powell            Status     1m53.852s  + 1.960s
18.  Robert Visoiu           Jenzer     1m53.861s  + 1.969s
19.  Patric Niederhauser     Jenzer     1m53.893s  + 2.001s
20.  Dmitry Suranovich       Manor      1m54.324s  + 2.432s
21.  Antonio Spavone         Trident    1m54.339s  + 2.447s
22.  Fabiano Machado         Manor      1m54.427s  + 2.535s
23.  Fabio Gamberini         Atech CRS  1m55.175s  + 3.283s
24.  Robert Cregan           Ocean      1m55.363s  + 3.471s
25.  Marlon Stockinger       Status     1m55.711s  + 3.819s
26.  Ethen Ringel            Atech CRS  1m59.371s  + 7.479s
27.  Carmen Jorda            Ocean      1m59.989s  + 8.097s

António Félix da Costa lidera primeiro treino da GP3

António Félix da Costa

A boa fase de António Félix da Costa continua. Depois de ter sido contratado pelo programa de jovens pilotos da Red Bull, o piloto português foi o mais rápido no treino livre para a etapa da Inglaterra da GP3, nesta sexta-feira, ao superar Tamas Pal Kiss, por apenas 0,3s.

O treino, aliás, começou debaixo de muita chuva. Num primeiro momento, os pilotos optaram por dar apenas voltas de instalação, mas aos poucos começaram a apertar o ritmo. O primeiro a abrir uma volta rápida foi David Fumanelli, mas que logo foi superado por Pal Kiss.

Por sua vez, o húngaro não teve muito problemas para se manter na primeira posição. Tamas ficou na frente durante boa parte da atividade até que Félix Da Costa deixou as boxes para assumir a liderança da tabela de tempos. No entanto, não só Pal Kiss conseguiu retomar a ponta como Patric Niederhauser também entrou na luta pela liderança.

Só que faltando 10s para o final, tudo mudou. Félix da Costa veio numa volta voadora, arrancou 2:11:463 e finalizou a atividade na liderança. Pal Kiss encerrou em segundo, enquanto Mitch Evans conseguiu subir para terceiro. Niederhauser foi o quarto, seguido por Aaro Vainio. Conor Daly, Kevin Ceccon, Marlon Stockinger, Tio Ellinas e Alex Brundle completaram o grupo dos dez primeiros.

Devido ao mau tempo na Inglaterra, o treino foi bastante prejudicado por causa das bandeiras vermelhas. Alice Powell, David Fumanelli e Robert Visoiu foram alguns dos pilotos que causaram interrupções nos treinos após escapadas. O treino que define a grelha de partida da GP3 está marcado para este sábado.

Confira os tempos:

Pos Driver Team Time Gap
 1. Antonio Felix da Costa  Carlin     2m11.463s
 2. Tamas Pal Kiss          Atech CRS  2m11.836s  + 0.373s
 3. Mitch Evans             MW Arden   2m12.308s  + 0.845s
 4. Patric Niederhauser     Jenzer     2m12.984s  + 1.521s
 5. Aaro Vainio             Lotus      2m13.433s  + 1.970s
 6. Conor Daly              Lotus      2m13.468s  + 2.005s
 7. Kevin Ceccon            Ocean      2m13.667s  + 2.204s
 8. Marlon Stockinger       Status     2m13.969s  + 2.506s
 9. Tio Ellinas             Manor      2m14.583s  + 3.120s
10. Alex Brundle            Carlin     2m14.595s  + 3.132s
11. Matias Laine            MW Arden   2m15.418s  + 3.955s
12. William Buller          Carlin     2m15.550s  + 4.087s
13. Daniel Abt              Lotus      2m15.601s  + 4.138s
14. Giovanni Venturini      Trident    2m16.229s  + 4.766s
15. David Fumanelli         MW Arden   2m16.285s  + 4.822s
16. Antonio Spavone         Trident    2m17.078s  + 5.615s
17. Facu Regalia            Jenzer     2m17.848s  + 6.385s
18. Vicky Piria             Trident    2m18.177s  + 6.714s
19. Kotaro Sakurai          Status     2m18.369s  + 6.906s
20. Dmitry Suranovich       Manor      2m18.822s  + 7.359s
21. Fabio Gamberini         Atech CRS  2m19.651s  + 8.188s
22. Ethan Ringel            Atech CRS  2m21.265s  + 9.802s
23. Robert Visoiu           Jenzer     2m21.415s  + 9.952s
24. Alice Powell            Status     2m21.834s  + 10.371s
25. Fabiano Machado         Manor      2m22.854s  + 11.391s
26. Carmen Jorda            Ocean      2m26.610s  + 15.147s
27. Robert Cregan           Ocean

António Félix da Costa: “Palavra de ordem em Silverstone será atacar”

António Félix da Costa

Depois de se ter estreado com sucesso com as cores da Red Bull Junior Team, no passado fim de semana em Nürburgring, na Fórmula Renault 3.5, António Félix da Costa está de regresso ao ativo em Silverstone, com a quarta ronda da GP3 Series, categoria em que já subiu ao pódio esta temporada e espera voltar a faze-lo este fim de semana, agora com as cores da Red Bull.

Estamos praticamente a meio da temporada e neste fim de semana será importante marcar muitos pontos para continuar a lutar pelo meu objetivo na GP3, que passa por lutar pelos três primeiros lugares do campeonato. Gosto do circuito de Silverstone e a palavra de ordem para este fim de semana será ataque, desde a primeira sessão”, disse António Félix da Costa, desejoso de entrar em ação ao volante do monolugar da Carlin.

Em relação aos horários, a primeira sessão de treinos livres tem lugar na sexta-feira, seguindo-se a qualificação no sábado de manhã e a primeira corrida às 16h15, com transmissão em direto na Sport tv3. No domingo disputa-se a segunda corrida, também com transmissão em direto na Sport tv1 e também Eurosport, a partir das 08h15.

Aaro Vainio alcança o melhor tempo antes da qualificação; Félix da Costa é 5º

António Félix da Costa

Aaro Vainio liderou o domínio da Lotus (antiga ART Grand Prix) no primeiro dia de treinos para a etapa de Valência da GP3. Nesta sexta-feira, o finlandês marcou o tempo de 2:00:094 e terminou na frente na única atividade de pista da categoria. Conor Daly, também da equipa anglo-francesa, foi o segundo, 0,250s atrás do companheiro.

Apesar disso, quem começou o dia na frente foi Mitch Evans. Favorito ao título, o neozelandês aproveitou para ir à pista logo nos primeiros dos 45 minutos de sessão. O protegido de Mark Webber se isolou no topo da tabela de tempos, enquanto William Buller, Antonio Félix da Costa, Kevin Ceccon e Matias Laine passaram a duelar pelo segundo posto.

Quem levou a melhor neste segundo grupo foi Félix da Costa, que, de quebra, conseguiu assumir o topo da tabela de tempos após uma volta voadora, já na metade do treino. Ao perceber a ameaça do rival, Evans voltou à pista e recuperou a primeira posição, pouco antes de ser superado por Vainio.

Com os tempos a diminuírem conforme a pista ia ficando mais emborrachada, Tio Ellinas saltou para o topo da tabela de tempos antes de ser demovido por Vainio, já nos instantes finais. Com o tempo de 2:00:094, o finlandês consolidou-se na frente e não foi mais ultrapassado por nenhum adversário.

Ainda houve tempo para que Daly pulasse para o segundo posto, seguido Ellinas, Evans e Félix da Costa. O grupo dos dez primeiros ainda teve Kevin Ceccon, Marlon Stockinger, David Fumanelli, Alice Powell (a melhor representante feminina) e William Buller. O brasileiro Fabiano Machado encerrou na 15ª posição.

O treino de qualificação e a primeira corrida da GP3 em Valência acontecem neste sábado.

Confira os tempos:

1. Aaro Vainio Lotus GP 2m00.094s 14
2. Conor Daly Lotus GP 2m00.343s + 0.249 13
3. Tio Ellinas Marussia Manor Racing 2m00.482s + 0.388 17
4. Mitch Evans MW Arden 2m00.546s + 0.452 19
5. Antonio Felix Da Costa Carlin 2m00.737s + 0.643 19
6. Kevin Ceccon Ocean Racing Technology 2m00.764s + 0.670 18
7. Marlon Stockinger Status Grand Prix 2m00.950s + 0.856 14
8. David Fumanelli MW Arden 2m00.979s + 0.885 19
9. Alice Powell Status Grand Prix 2m01.055s + 0.961 16
10. William Buller Carlin 2m01.124s + 1.030 18
11. Robert Visoiu Jenzer Motorsport 2m01.136s + 1.042 19
12. Tamas Pal Kiss Atech CRS GP 2m01.192s + 1.098 7
13. Daniel Abt Lotus GP 2m01.570s + 1.476 14
14. Alex Brundle Carlin 2m01.708s + 1.614 20
15. Fabiano Machado Marussia Manor Racing 2m01.916s + 1.822 19
16. Patric Niederhauser Jenzer Motorsport 2m02.098s + 2.004 20
17. Matias Laine MW Arden 2m02.172s + 2.078 18
18. Dmitry Suranovich Marussia Manor Racing 2m02.231s + 2.137 18
19. John Wartique Atech CRS GP 2m02.500s + 2.406 19
20. Robert Cregan Ocean Racing Technology 2m02.529s + 2.435 19
21. Antonio Spavone Trident Racing 2m02.922s + 2.828 19
22. Vicky Piria Trident Racing 2m02.929s + 2.835 18
23. Ethan Ringel Atech CRS GP 2m03.456s + 3.362 17
24. Carmen Jorda Ocean Racing Technology 2m04.036s + 3.942 19

António Félix da Costa quer a vitória em Valência

António Félix da Costa

António Félix da Costa testou esta semana em Valência no Circuito Ricardo Tormo, com os pilotos da GP3 Series a ambientarem-se às altas temperaturas que se fazem sentir naquela zona da Espanha, onde se vai realizar a próxima prova da competição.

O piloto luso é para já quarto no campeonato, tendo pontuado em todas as provas, conseguindo mesmo o segundo lugar na segunda corrida do Mónaco. O líder da competição é o finlandês Aaro Vanio, com 54 pontos, mais onze que Mitch Evans. O checo Marlon Stockinger soma 39, mais quinze que Félix da Costa, que tem atrás de si, meia dúzia de pilotos a um e dois pontos.

Em Valência Félix da Costa tem a vantagem de já conhecer a pista, o que sucede também com os ‘repetentes’ Nico Müller, Aaro Vainio, Tamas Pal Kiss, Conor Daly, Marlon Stöckinger e Matias Laine.

A qualificação realiza-se no sábado às 8:45 de Portugal, a primeira corrida, no mesmo dia às 16h20 e a segunda, no domingo, às 8h25.