Maria de Villota pode regressar a Espanha após a melhoria do estado de saúde

Maria de Villota

Nesta terça-feira faz exatamente uma semana que María de Villota sofreu um gravíssimo acidente durante uma sessão de testes aerodinâmicos da Marussia na base aérea de Duxford, na Inglaterra. A pilota espanhola, que perdeu a visão direita, foi removida para um quarto do hospital Addenbrook, em Cambridge, depois de ter ficado cinco dias na Unidade de Terapia Intensiva. E nos próximos dias, María finalmente poderá voltar ao seu país, a Espanha.

Na última segunda-feira, Isabel de Villota, irmã da piloto de testes da Marussia, revelou que María teve uma melhora bastante significativa, e por isso deixou a UTI do Addenbrook. John Booth, comandante da escuderia anglo-russa, disse que a espanhola acordou do coma induzido e já conversa com a sua família.

E segundo uma reportagem veiculada pela imprensa alemã, De Villota, com exceção da perda do olho direito, não deverá ter sequelas na decorrência do acidente sofrido na semana passada, quando bateu a sua cabeça contra a plataforma de descargas de um camião.

Com exceção da cegueira do olho direito, as hipóteses são boas de que não haja nenhuma outra sequela. Se De Villota não tiver outras complicações, o regresso à sua terra natal, a Espanha, poderá acontecer nesta semana”, informou a imprensa alemã.

Posted on 10 de Julho de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: