Will Buller vence corrida de trás para a frente; António Félix da Costa ainda foi 2º mas acabou em 6º

António Félix da Costa

De último para primeiro. Esta foi a prova de Will Buller na GP3 neste domingo, em Silverstone. Numa corrida que começou com a pista molhada, mas que secou rapidamente, o norte-irlandês largou em 25º e cruzou a linha de chegada na primeira posição com uma vantagem de 8,5s para o segundo classificado, Conor Daly. Isto numa bateria curta, de apenas 14 voltas.

O que Buller fez para dar o salto do gato sobre os rivais e chegar ao primeiro posto foi a escolha dos pneus que seriam utilizados em uma pista escorregadia em Silverstone. A estratégia perfeita contribuiu para o feito impressionante do piloto da Carlin.

Não dava para começar com pneus slicks. Prova disso é que Alex Brundle e Conor Daly tentaram e se deram mal nas primeiras voltas, o norte-americano, porém, recuperaria e subiria ao pódio. Buller precisou de ser muito cuidadoso, pois, assim como os demais pilotos que fizeram a mesma opção.

O Pole-position, Kevin Ceccon manteve a liderança na partida, mas logo foi ultrapassado por Tio Ellinas, antes mesmo de uma volta ser completada. Enquanto a pista estava molhada, Ellinas liderou Antonio Félix da Costa, vencedor da corrida de sábado, português que se encontrava em segundo lugar, e a ganhar tempo ao cipriota.

Quando a pista secou e os pilotos foram parando nas boxes, Patric Niederhauser, Robert Visoiu e Félix da Costa decidiram arriscar e manter os compostos desgastados de pista molhada. Não deu certo, pois logo quem tinha pneus slicks estava bem melhor.

Na décima volta, Buller assumiu a liderança, passando por Niederhauser, que viria a terminar em terceiro, atrás de Daly. Nas quatro voltas que se seguiram, a vantagem que Buller construiu para Patric foi de 30s. Impressionante.

Ellinas foi o melhor dos pilotos que pararam nas boxes para tirar os pneus de chuva e colocar pneus slicks. Visoiu terminou em quinto, logo à frente de António Félix da Costa. O português tem agora 58 pontos, menos 42 do que o líder, Mitch Evans.

Confira os resultados:

Pos Driver Team Time/Gap
 1.  Will Buller             Carlin      29m49.526s
 2.  Conor Daly              Lotus         + 8.577s
 3.  Patric Niederhauser     Jenzer       + 30.017s
 4.  Tio Ellinas             Manor        + 37.529s
 5.  Robert Visoiu           Jenzer       + 52.038s
 6.  Antonio Felix da Costa  Carlin     + 1m03.722s
 7.  Kevin Ceccon            Ocean      + 1m05.954s
 8.  Fabio Gamberini         Atech CRS  + 1m06.482s
 9.  Fabiano Machado         Manor      + 1m07.321s
10.  Alex Brundle            Carlin     + 1m20.941s
11.  Mitch Evans             MW Arden   + 1m22.894s
12.  Facu Regalia            Jenzer     + 1m23.503s
13.  Kotaro Sakurai          Status     + 1m24.283s
14.  Tamas Pal Kiss          Atech CRS  + 1m28.143s
15.  Robert Cregan           Ocean      + 1m44.079s
16.  Giovanni Venturini      Trident    + 1m52.403s
17.  Ethen Ringel            Atech CRS  + 1m54.151s
18.  Matias Laine            Lotus          + 1 lap
19.  Antonio Spavone         Trident        + 1 lap

Retirements:

     Dmitry Suranovich       Manor          12 laps
     Vicky Piria             Trident        12 laps
     Daniel Abt              Lotus          11 laps
     Marlon Stockinger       Status         11 laps
     Aaro Vainio             Lotus          11 laps
     Alice Powell            Status          9 laps

Posted on 8 de Julho de 2012, in GP3 Series and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: