Luiz Razia vence e amplia vantagem para Valsecchi no campeonato

Luiz Razia

A corrida complementar da etapa da Inglaterra da GP2 terminou com líder e vice-líder do campeonato de 2012 nas duas primeiras posições, e com vitória brasileira. Sem chuva em Silverstone, embora nuvens negras rondassem o circuito durante toda a prova preliminar da F1, Luiz Razia venceu depois de começar a prova com três belas ultrapassagens sobre Davide Valsecchi, Felipe Nasr e Giedo Van der Garde para assumir a liderança e não mais perdê-la.

Esta foi a quarta vitória de Razia na GP2 em 2012, mas poderia ter sido a primeira de outro brasileiro, Nasr. O atual campeão da F3 Inglesa pressionou Razia durante metade da corrida, mas Razia não se abalou em momento algum com a pressão e manteve-se à frente. Nasr, então, perdeu rendimento com um desgaste mais acentuado dos pneus, e foi superado por seu companheiro de Dams, caindo para terceiro.

Líder e vice-líder do campeonato, então, passaram a disputar a vitória, e Valsecchi chegou a ficar a menos de 1s de Razia, porém, o brasileiro recuperou, fez uma sequência de voltas rápidas e voltou a abrir para o rival. Uma prova dominante do piloto da Arden, que agora tem seis pontos de vantagem sobre Valsecchi na tabela de classificação.

Nasr precisou, nas voltas finais, garantir um lugar no pódio, defendendo-se dos ataques de Johnny Cecotto e Esteban Gutiérrez, e o fez com sucesso. Assim, o estreante na GP2 conseguiu mais um pódio na sua primeira temporada na categoria.

A prova começou com um duelo envolvendo líder e vice-líder do campeonato. Giedo Van der Garde fez uma partida segura e manteve a ponta, e Felipe Nasr saltou para segundo. Luiz Razia e Davide Valsecchi disputaram, então, o terceiro lugar, e o brasileiro fez uma ultrapassagem por fora, na curva Stowe. Os dois ainda ficaram lado a lado até a curva seguinte, a última do novo traçado do circuito inglês, onde, por dentro, Razia consolidou a manobra.

O piloto da Arden começou a corrida insaciável. Depois de superar Valsecchi, ele não demorou nem um pouco para passar por Nasr e, na segunda passagem pela curva Stowe, repetiu a manobra que executara sobre o italiano. Na segunda volta, que largou em quarto, Razia era líder. Van der Garde não tinha ritmo, e perdeu o segundo lugar para Nasr. Valsecchi também não ia bem, e perdeu a quarta posição para Johnny Cecotto Jr.

A partir da terceira volta, o que se viu na pista foi uma luta a valer a liderança entre Razia e Nasr. O desempenho da dupla brasileira era superior ao do resto do pelotão e, mesmo lutando entre si, os dois começaram a construir uma vantagem para os demais. Nasr, é claro, queria chegar a sua primeira vitória na GP2, enquanto Razia pensava apenas em somar mais um triunfo e mais pontos importantes para o campeonato.

Valsecchi recuperou a quarta posição, e partiu para o ataque sobre Van der Garde. Ele precisava chegar o mais perto de Razia, para evitar que o piloto da Arden abrisse uma vantagem grande na batalha pelo título da categoria.

Na sétima volta, Nasr tentou passar Razia na segunda curva, mergulhou por dentro, mas passou do ponto e levou uma ‘tesoura’. Na mesma passagem, Valsecchi deixou Van der Garde para trás e regressou a terceira posição. Estava a 4,2s de Razia.

Após a tentativa frustrada de ultrapassagem de Nasr sobre Razia, o líder do campeonato, enfim, conseguiu abrir um pouco para o compatriota. Na 12ª volta, pela primeira vez a diferença entre os dois superou a casa de 1s. Neste ponto, Valsecchi era mais rápido que os brasileiros, e tornou inexistente a distância anterior de 4,2s. A oito voltas do fim, o italiano ultrapassou Nasr com alguma facilidade. Aquilo significava que, nos momentos finais da corrida haveria um duelo direto pela vitória entre líder e vice-líder da GP2. Era preciso descontar os 2,6s que Razia abrira enquanto os dois pilotos da Dams disputavam o segundo lugar.

Vale uma menção à boa prova de Esteban Gutiérrez. Largando em oitavo, o vencedor da corrida de sábado protagonizou bons duelos com Jolyon Palmer e Nigel Melker, e entrou na luta pelo pódio com Nasr e Cecotto nas voltas finais. A duas voltas do fim, o mexicano passou o venezuelano e subiu para quarto. Pouco depois errou ao tentar passar por Nasr e perdeu o posto.

Nas voltas finais, Valsecchi chegou a estar a menos de 1s de Razia, mas com frieza, o brasileiro mostrou que estava a administrar a situação e voltou a abrir para o italiano. A vitória, então, ficou mais tranquila.

A luta pelo pódio ainda viu um acidente que deixou a vida de Nasr mais tranquila. O piloto da DAMS tinha Cecotto e Gutiérrez no seu encalço, mas os latino-americanos, que formaram uma dobradinha na corrida de sábado em Silverstone, tocaram-se. O venezuelano foi parar no muro de proteção, e Gutiérrez cruzou a linha de chegada na quarta posição. Palmer foi quinto, seguido por Melker, mais uma vez nos pontos, a segunda vez em sua carreira na GP2, Marcus Ericsson e Fábio Onidi.

A oitava etapa da temporada está marcada para daqui a duas semanas, sempre acompanhando o calendário da F1, em Hockenheim, na Alemanha.

Confiras os resultados:

Pos Driver Team Time/Gap
 1.  Luiz Razia           Arden                37m28.656s
 2.  Davide Valsecchi     DAMS                   + 5.642s
 3.  Felipe Nasr          DAMS                  + 17.775s
 4.  Esteban Gutierrez    Lotus                 + 19.969s
 5.  Jolyon Palmer        iSport                + 25.869s
 6.  Nigel Melker         Ocean                 + 28.600s
 7.  Marcus Ericsson      iSport                + 31.980s
 8.  Fabio Onidi          Coloni                + 35.797s
 9.  Fabio Leimer         Racing Engineering    + 38.127s
10.  Josef Kral           Addax                 + 40.378s
11.  Simon Trummer        Arden                 + 40.533s
12.  Rio Haryanto         Carlin                + 48.471s
13.  Daniel de Jong       Rapax                 + 54.161s
14.  Nathanael Berthon    Racing Engineering    + 54.643s
15.  Ricardo Teixeira     Rapax               + 1m15.967s
16.  Giancarlo Serenelli  Lazarus             + 1m17.971s
17.  Julian Leal          Trident             + 1m30.456s

Retirements:

     Johnny Cecotto       Addax                   20 laps
     Max Chilton          Carlin                  19 laps
     James Calado         Lotus                   19 laps
     Giedo van der Garde  Caterham                19 laps
     Fabrizio Crestani    Lazarus                 19 laps
     Rodolfo Gonzalez     Caterham                 3 laps
     Stephane Richelmi    Trident                  0 laps
     Stefano Coletti      Coloni                   0 laps
     Victor Guerin        Ocean                    0 laps

Posted on 8 de Julho de 2012, in GP2 Series and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: