Fernando Alonso lidera treino com pista seca

Fernando Alonso em 1º mas Massa foi 16º

No primeiro, e provavelmente o único, treino do fim de semana com pista seca em Silverstone, a Ferrari deu as cartas com o líder da temporada, Fernando Alonso. O bicampeão do mundo liderou a terceira sessão livre do GP da Inglaterra de F1 ao registar, obviamente, o melhor tempo do fim de semana. Fernando anotou 1:32:167 e foi 0,153s mais rápido que Jenson Button, que estabeleceu a sua marca já nos segundos finais da tomada de tempos. Romain Grosjean, um dos destaques do treino, completou o top-3.

Sebastian Vettel também apareceu bem em Silverstone. O atual bicampeão do mundo foi o quarto classificado, seguido de perto por Kimi Räikkönen, também da Lotus, e Lewis Hamilton. O britânico da McLaren terminou a sessão à frente do seu algoz em Valência, Pastor Maldonado, sétimo lugar com a boa Williams. Sergio Pérez fechou a manhã em oitavo, seguido pelo seu companheiro de Sauber, Kamui Kobayashi. Nico Hülkenberg fechou a lista dos dez primeiros.

Diferente de sexta-feira, quando a chuva atrapalhou demais o cronograma dos treinos em Silverstone, o sábado começou com pista seca no tradicional circuito britânico. E como os 24 pilotos tiveram uma chance, que pode ser única, de saber o real nível de cada um dos carros, todos foram à pista logo no início do terceiro treino livre para testar os respectivos equipamentos, causando um tráfego intenso na pista logo que a luz verde foi acionada.

Mesmo com a pista mais seca, ainda havia muitos pontos com água ao longo do traçado britânico. Räikkönen passou por cima de um deles e quase perdeu o controlo do seu Lotus. Entretanto, o finlandês registou volta rápida, assim como outros pilotos, como Romain Grosjean, Daniel Ricciardo, Nico Hülkenberg, Jean-Éric Vergne, Pastor Maldonado, Nico Rosberg e Michael Schumacher, que anotou 1:34:517 na sua primeira volta rápida, sendo o mais rápido do início da sessão com o seu Mercedes.

Outros pilotos, contudo, preferiram poupar equipamento e só optaram por realizar voltas de instalação no começo do treino. Rosberg, entretanto, procurou trabalhar no acerto do carro para condições de corrida. Com pneus duros, assim como Schumacher, o jovem alemão da Mercedes bateu a marca do veterano em 0,454s e assumiu a ponta da sessão em Silverstone.

O treino ganhou em intensidade com a ida dos carros da Red Bull, Ferrari e McLaren na pista. E foi justamente a McLaren, com Button, a equipa que mais se aproximou do tempo de Rosberg no início da sessão. Isto porque o piloto da casa assinalou 1:33:802, apenas 0,069s mais lento que o alemão da Mercedes, superando assim Schumacher e subindo para segundo. Senna, com o seu carro reparado pela Williams após o acidente de sexta, era o 11º, logo à frente de Massa. Uma volta depois, Felipe subiu para nono, superando inclusive Alonso.

Entretanto, o espanhol não deixou por menos e fez uma bela volta em 1:33:821, subindo para o terceiro lugar, só atrás de Rosberg e Button. Schumacher e Pastor Maldonado completavam a lista dos cinco primeiros após 20 minutos de treino. De seguida, Alonso assumiu a liderança ao registar a volta em 1:33:606. Mas o líder do Mundial de Pilotos ficou pouco tempo no primeiro lugar, já que Hamilton destruiu o seu tempo e foi 0,522s mais rápido.

Faltando 37 minutos para o fim do treino, o Marussia de Charles Pic ficou parado na saída da curva Copse, em posição bastante perigosa. A direção de prova optou por interromper o treino com bandeira vermelha para remover o carro do rookie francês. Sem contar com o apoio do guincho, os fiscais de pista empurraram o carro de Pic até a entrada das boxes em Silverstone.

A sessão foi retomada cinco minutos depois e com praticamente todos os pilotos na pista, que estava muito mais rápida. E para comprovar a melhora nas condições do asfalto, Button superou o tempo de Hamilton, cravou 1:32:851 e subiu para a liderança, com Alonso em terceiro, Räikkönen, Pérez, Rosberg, Maldonado, Vettel, Senna e Schumacher na lista dos dez primeiros.

Para a alegria da torcida britânica presente em Silverstone, foi a vez de Hamilton andar rápido. O piloto da McLaren foi 0,123s mais rápido que Button e inverteu a dobradinha britânica no treino, tendo Pérez em terceiro, Grosjean em quarto e Vettel fechando o rol dos cinco primeiros.

Só que o 1-2 britânico durou pouco. Primeiro foi Grosjean que desbancou Hamilton e colocou a Lotus na frente. Entretanto, o franco-suíço teve o seu tempo destruído por Alonso, que colocou a Ferrari na frente em Silverstone pela primeira vez no fim de semana ao estabelecer 1:32:167 com pneus macios. Massa, por sua vez, era apenas o 11º e tinha como melhor tempo 1:33:674.

E como até bicampeão do mundo erra, Fernando, na tentativa de melhorar o seu tempo, passou por cima do corretor na entrada da reta da meta e fez um pião, ficando em posição perigosa. Rapidamente, no entanto, Alonso conseguiu regressar à pista e logo voltou às boxes reclamando um problema na quarta marcha do F2012.

No fim do treino, alguns pilotos conseguiram melhorar as suas respectivas marcas, como Räikkönen e o próprio Grosjean, além de Hamilton e Maldonado. Button também chegou perto e ficou a 0,153s de liderar o treino diante dos seus fãs. Mas ninguém conseguiu desbancar Alonso, que foi para a qualificação sendo o dono do melhor tempo do fim de semana até o momento.

Confira os resultados:

Pos Driver Team Time Laps
 1.  Fernando Alonso       Ferrari                1m32.167s            21
 2.  Jenson Button         McLaren-Mercedes       1m32.320s  + 0.153s  20
 3.  Romain Grosjean       Lotus-Renault          1m32.358s  + 0.191s  25
 4.  Sebastian Vettel      Red Bull-Renault       1m32.420s  + 0.253s  21
 5.  Kimi Raikkonen        Lotus-Renault          1m32.454s  + 0.287s  25
 6.  Lewis Hamilton        McLaren-Mercedes       1m32.477s  + 0.310s  20
 7.  Pastor Maldonado      Williams-Renault       1m32.622s  + 0.455s  21
 8.  Sergio Perez          Sauber-Ferrari         1m32.940s  + 0.773s  19
 9.  Kamui Kobayashi       Sauber-Ferrari         1m33.046s  + 0.879s  20
10.  Nico Hulkenberg       Force India-Mercedes   1m33.150s  + 0.983s  19
11.  Bruno Senna           Williams-Renault       1m33.267s  + 1.100s  25
12.  Paul di Resta         Force India-Mercedes   1m33.367s  + 1.200s  20
13.  Mark Webber           Red Bull-Renault       1m33.398s  + 1.231s  24
14.  Michael Schumacher    Mercedes               1m33.462s  + 1.295s  24
15.  Jean-Eric Vergne      Toro Rosso-Ferrari     1m33.673s  + 1.506s  22
16.  Felipe Massa          Ferrari                1m33.674s  + 1.507s  21
17.  Daniel Ricciardo      Toro Rosso-Ferrari     1m33.707s  + 1.540s  21
18.  Nico Rosberg          Mercedes               1m33.733s  + 1.566s  15
19.  Heikki Kovalainen     Caterham-Renault       1m34.298s  + 2.131s  18
20.  Vitaly Petrov         Caterham-Renault       1m34.781s  + 2.614s  20
21.  Timo Glock            Marussia-Cosworth      1m36.605s  + 4.438s  18
22.  Charles Pic           Marussia-Cosworth      1m37.060s  + 4.893s  14
23.  Narain Karthikeyan    HRT-Cosworth           1m37.269s  + 5.102s  23
24.  Pedro de la Rosa      HRT-Cosworth           1m37.429s  + 5.262s  17

Posted on 7 de Julho de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: