Romain Grosjean lidera primeiro treino em Silverstone à chuva

Romain Grosjean

A forte chuva que desabou no circuito de Silverstone foi a grande protagonista do primeiro treino livre do GP da Inglaterra, disputado na manhã desta sexta-feira. A pista, bastante encharcada, acabou por comprometer o programa estabelecido pelas equipas para a sessão. Romain Grosjean, da Lotus, foi o mais rápido. O franco-suíço arrancou 1:56:552 na melhor das suas 13 voltas no circuito. A segunda posição ficou com Daniel Ricciardo, que anotou a sua melhor marca depois de rodar na entrada da nova reta da meta. Piloto da casa, Lewis Hamilton foi o terceiro classificado.

Sergio Pérez, da Sauber, garantiu o quarto lugar da tomada de tempos. Felipe Massa conquistou a quinta melhor marca do treino, sendo 1,567s mais lento que Grosjean. Mark Webber foi o sétimo melhor classificado, seguido por Kamui Kobayashi, o piloto que mais andou nesta manhã, com 19 voltas, Michael Schumacher, Nico Rosberg e Jean-Éric Vergne, décimo.

Os primeiros minutos do primeiro treino livre do GP da Inglaterra foram marcados pela chuva torrencial em Silverstone. As condições eram muito complicadas, principalmente no quesito visibilidade. Para se ter uma ideia, a primeira volta rápida coube a Sergio Pérez, que marcou 2:11:663, enquanto o recorde da pista (em corrida) é de Fernando Alonso, que realizou 1:30:874 em 2010.

Nesta primeira sessão, três reservas substituíram os titulares em Silverstone. Como tem sido de praxe em praticamente toda a temporada na Williams, Valtteri Bottas correu no lugar de Bruno Senna, enquanto Jules Bianchi guiou o Force India de número 12 que é pilotado por Nico Hülkenberg. Dani Clos, por sua vez, teve a sua segunda oportunidade num fim de semana de GP ao comandar o HRT que habitualmente é de Narain Karthikeyan.

Com pouco mais de 15 minutos de treino, foi a vez de Kobayashi registar a sua primeira volta rápida. Indicando que a pista estava um pouco melhor (ou menos pior) que no início da sessão, o japonês baixou a marca do seu companheiro de Sauber em 7,184s. No entanto, era um treino bastante atípico e ainda com muita água no circuito britânico.

Eram poucos os pilotos que se aventuravam na encharcada Silverstone, mas quem o fazia, conseguia baixar consideravelmente os tempos e também ajudava a formar um certo trilho no asfalto molhado. Kobayashi melhorou a sua marca em cerca de 2s, mas Webber foi ainda melhor e anotou 2:01:153, subindo para a liderança. Pouco depois, o australiano foi o primeiro a quebrar a barreira dos 2min e cravou 1:59:719.

Como prova de que os tempos estavam mesmo despencando, Ricciardo, da Toro Rosso, foi 1,138s mais rápido que Webber e subiu para a liderança, seguido pelo australiano, Jean-Éric Vergne, Kobayashi, Vettel, Pérez e Charles Pic, da Marussia. Entretanto, a maioria dos pilotos ainda não havia cronometrado volta no primeiro terço da sessão. Na sequência, Ricciardo melhorou ainda mais o seu tempo e assinalou 1:56:827, contra 1:58:463 de Webber. Entre os pilotos das coirmãs taurinas apareceu Pérez, 1min590 mais lento que Daniel.

Com as condições da pista um pouco menos críticas, boa parte dos pilotos ficou encorajada a deixar as boxes. E os tempos continuavam a cair, com Grosjean subindo para a liderança do treino ao registar 1:56:552, 0,275s mais rápido que Ricciardo. Hamilton, na sua primeira volta rápida, marcou o quarto melhor tempo, seguido por Massa. Lewis, pouco depois, subiu para terceiro, relegando Pérez. Apenas Alonso, Di Resta e Bianchi não haviam completado volta rápida na primeira metade (45 minutos) de sessão.

Desde então, o treino passou a ter outra dinâmica, bem mais modorrenta, com pouquíssimos pilotos na pista. Um ou outro piloto quebrava o silêncio e se aventurava na pista, que ainda estava bastante molhada, já que a chuva não cessava em Silverstone, ao contrário, estava cada vez mais forte. Com tempo de sobra nas boxes, Vettel até se divertia a ver charges exibidas pelos mecânicos da Red Bull.

No fim da sessão, Alonso até tentou completar voltas rápidas, mas ficou limitado somente a testes de partida no fim do pit-lane em Silverstone. Os poucos pilotos que ainda foram à pista nos minutos finais, como Massa, fizeram testes específicos e não conseguiram melhorar as suas marcas. Desta forma, Grosjean finalizou a manhã na frente do atípico treino protagonizado pelo clima tipicamente britânico, seguido por Ricciardo e Hamilton.

Confira os tempos:

Pos Driver Team Time Laps
 1. Romain Grosjean       Lotus-Renault           1m56.552s            13
 2. Daniel Ricciardo      Toro Rosso-Ferrari      1m56.827s +  0.275   10
 3. Lewis Hamilton        McLaren-Mercedes        1m57.174s +  0.622    6
 4. Sergio Perez          Sauber-Ferrari          1m57.664s +  1.112   11
 5. Felipe Massa          Ferrari                 1m58.119s +  1.567    7
 6. Mark Webber           Red Bull-Renault        1m58.463s +  1.911    7
 7. Kamui Kobayashi       Sauber-Ferrari          1m58.483s +  1.931   19
 8. Michael Schumacher    Mercedes                1m58.493s +  1.941   10
 9. Nico Rosberg          Mercedes                1m58.942s +  2.390    8
10. Jean-Eric Vergne      Toro Rosso-Ferrari      1m59.076s +  2.524   12
11. Sebastian Vettel      Red Bull-Renault        1m59.414s +  2.862   11
12. Vitaly Petrov         Caterham-Renault        1m59.614s +  3.062    9
13. Valtteri Bottas       Williams-Renault        1m59.733s +  3.181    7
14. Heikki Kovalainen     Caterham-Renault        1m59.787s +  3.235   10
15. Pastor Maldonado      Williams-Renault        2m00.125s +  3.573    5
16. Kimi Raikkonen        Lotus-Renault           2m00.253s +  3.701    6
17. Jenson Button         McLaren-Mercedes        2m01.834s +  5.282    6
18. Timo Glock            Marussia-Cosworth       2m01.835s +  5.283    6
19. Pedro de la Rosa      HRT-Cosworth            2m04.341s +  7.789    9
20. Dani Clos             HRT-Cosworth            2m05.022s +  8.470   11
21. Charles Pic           Marussia-Cosworth       2m11.760s +  15.208   6
22. Fernando Alonso       Ferrari                                       4
23. Paul di Resta         Force India-Mercedes                          3
24. Jules Bianchi         Force India-Mercedes                          1

Posted on 6 de Julho de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: