Co-piloto de Craig Breen faleceu no Targa Florio

Acidente de Craig Breen que vitimizou Gareth Roberts

O galês Gareth Roberts morreu neste sábado após um grave acidente na etapa italiana do IRC, Intercontinental Rally Challenge. Roberts tinha apenas 24 anos e era navegador do veterano Craig Breen num Peugeot 207 S2000. No oitavo quilometro da etapa de Cefalu, numa curva fechada para a esquerda, o carro saiu da pista e acertou no rail de proteção, que perfurou o equipamento, matando o navegador imediatamente. Breen saiu ileso do acidente.

O acidente deste sábado aconteceu no Rali de Targa Florio, disputado próximo à cidade italiana de Palermo. De acordo com testemunhas que estavam no local afirmaram que o acidente foi similar à sofrida por Robert Kubica, no início do ano passado, também na Itália.

Um representante do IRC afirmou que como o acidente aconteceu ao lado de um posto de controlo não houve demora na assistência de Roberts. No entanto, mesmo assim, o navegador não resistiu aos ferimentos.

O acidente aconteceu imediatamente à frente de um posto de segurança. Um fiscal viu o carro sair da pista e acertar no rail, que infelizmente penetrou no cockpit. A ambulância foi chamada imediatamente. Alguns fiscais de corrida também pararam para ajudar, apagando um pequeno incêndio no carro”, declarou.

Infelizmente, toda a assistência dada ao Gareth não foi o suficiente, e ele morreu no local do acidente. É muito, muito triste um navegador de 24 anos vir correr aqui e perder a sua vida”, completou o representante.

O diretor da categoria, Jean-Pierre Nicolas, por sua vez, afirmou que o desporto motorizado é uma modalidade que oferece riscos aos pilotos e lembrou o recente histórico de acidentes fatais de navegadores.

É um acidente muito triste, que nos lembra como o automobilismo pode ser perigoso. Os acidentes podem afetar tanto pilotos quanto navegadores nos rali e, infelizmente, nunca foi tão frequente os acidentes com os navegadores, como vimos em 2005, quando Michael Park morreu no Rali da Grã-Bretanha”, disse.

Nicolas lamentou a morte de Roberts e solidarizou-se com a família do navegador.“A morte de um jovem de 24 anos no início da sua carreira é sempre uma tragédia. Neste momento terrível, estou a pensar muito na família da Gareth”, encerrou.

Roberts nasceu no País de Gales e também trabalhava como eletricista para a equipa. Desde 2009, ele competia ao lado de Breen e, no ano passado, foram campeões numa divisão de acesso do WRC criada pela FIA, o WRC Academy (onde se encontra João Silva a competir).

A dupla estava na sexta posição no momento do acidente. Com a morte de Roberts confirmada, a organização do IRC cancelou a etapa italiana e deve anunciar o checo Jan Kopecky como vencedor.

Anúncios

Posted on 16 de Junho de 2012, in IRC and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: