Lewis Hamilton mostra o ritmo liderando primeiro treino livre

Lewis Hamilton

Disposto a ser o sétimo vencedor diferente na temporada, Lewis Hamilton começou com tudo o primeiro dia de atividades do GP do Canadá de F1. Na primeira sessão de treinos desta sexta-feira bastante nublada em Montreal, o britânico da McLaren mostrou-se superior aos adversários durante praticamente todo a tomada de tempos. Com o tempo de 1:15:564, Lewis superou Sebastian, o segundo classificado, em 0,118s, usando pneus macios, os mais duros disponibilizados pela Pirelli para o fim de semana, ao contrário do alemão da Red Bull.

Nico Rosberg foi superado por Vettel já com o cronómetro a zeros e teve de se contentar com o terceiro melhor tempo, andando 0,1s mais lento que o compatriota. Fernando Alonso comprovou a boa forma da Ferrari F2012 e fechou em quarto lugar, seguido por Mark Webber, o vencedor do GP de Mônaco, e pelo bom Nico Hülkenberg, da Force India. Na sequência vieram os carros da Sauber, como Kamui Kobayashi em sétimo e Sergio Pérez em oitavo. Dois campeões mundiais, em baixa no campeonato, fecharam o top-10, Michael Schumacher e Jenson Button.

Em Montreal, todos os pilotos deixaram as boxes tão logo a direção de prova autorizou o início do treino. No entanto, os primeiros minutos foram destinados apenas às voltas de instalação e reconhecimento do traçado canadiano. Algumas equipas usaram o começo da sessão para testar novos pacotes aerodinâmicos, como Ferrari, Red Bull, que exibiu um sensor no formato de grelha, e Williams, com uma asa traseira mais curvilínea.

Uma das preocupações dos pilotos era realizar esses testes aerodinâmicos o quanto antes, já que, com a previsão meteorológica que aponta chuva para o período da tarde, haverá menos tempo para correr em condições normais no circuito Gilles Villeneuve. Lembrando que os pilotos terão à disposição os compostos macios e supermacios, além dos pneus intermédioss e de chuva extrema, em caso de pista molhada.

Sebastian Vettel

Räikkönen foi o primeiro a anotar volta rápida em Montreal. O piloto da Lotus, que volta a guiar no Canadá depois de três anos longe da F1, cravou 1:20:347, mas logo foi superado pelo seu companheiro de equipa, Romain Grosjean, que anotou 1:20:295. Pérez também registou a sua primeira volta rápida nos 15 minutos iniciais de sessão no circuito canadiano. A escuderia de Enstone seguiu comandando as atividades com Grosjean, que evoluiu bem a sua marca para 1:17:386.

A sessão começou bem mais agitada do que de costume, em comparação com os outros primeiros treinos livres das seis etapas anteriores deste ano. Antes da primeira meia hora de sessão, 16 pilotos fizeram voltas rápidas, com destaque para Rosberg, que comprovou o bom rendimento da Mercedes neste princípio de temporada ao marcar 1:16:837, batendo em 0,339s o tempo de Räikkönen, que subiu para segundo.

Em sequência de voltas rápidas, Hamilton destruiu a marca de Rosberg ao cravar 1:16:080, 0,757s mais rápido que o alemão da Mercedes. Depois de quase bater no Muro dos Campeões, Lewis completou a primeira meia hora de sessão na frente no Canadá. Vettel, por sua vez, ainda não tinha registado a sua volta rápida. Destaque era Kobayashi, que também superou Nico e subiu para um bom segundo lugar. Pouco depois, Massa também fez boa marca, registou 1:16:619 e avançou para terceiro lugar, enquanto seu companheiro de equipa, Fernando Alonso, era o sétimo com exatos 1:17:000.

Com o desenrolar do treino, a pista começou a melhorar, e, consequentemente, as marcas foram caindo em Montreal, que teve a ilustre presença de uma raposa na pista. Hamilton ainda resistia na liderança, mas Rosberg melhorou bem o seu tempo e voltou à segunda posição, andando a apenas 0,073s do britânico. A Red Bull, até então discreta, começou a dar as caras no Canadá com Webber em terceiro e Vettel em quinto. Entre o duo da Red Bull estava Kobayashi.

Vitaly Petrov

A chuva ameaçava pintar em Québec, mas os pilotos não se intimidavam. Nos milésimos, Vettel cravou a sua melhor volta e subiu para segundo ao estabelecer 1:16:143, apenas 0,063s atrás de Hamilton. Rosberg era o terceiro, seguido por Schumacher e Webber. Entre o líder Lewis e Räikkönen, o 12º, apenas 0,934s de diferença entre eles.

Kovalainen foi o primeiro piloto a bater forte em Montreal. O finlandês perdeu o controlo do seu carro na saída da curva 9 e destruiu a parte direita do carro da Caterham, espalhando destroços do carro verde e amarelo na pista. A direção de prova adotou a bandeira vermelha para interromper a sessão e deixar a pista pronta para a sequência das atividades.

Pouco mais de 12 minutos depois, o treino foi retomado, quando faltavam 26 minutos para o encerramento da sessão. Nessa última parte da tomada de tempos, alguns pilotos optaram pelo uso dos compostos supermacios, já que há uma grande possibilidade de chuva no período da tarde, o que, se acontecer, vai mudar todo o cronograma das equipas no restante desta sexta.

Mesmo usando pneus macios, os mais duros do fim de semana, Rosberg foi o primeiro a andar abaixo de 1min16s em Montreal. O alemão anotou 1:15:782 e subiu, momentaneamente, para a ponta. Mas Hamilton respondeu quase de imediato e cravou volta 0,218s mais rápida que a de Nico e, com o tempo de 1:15:564, voltou para a primeira posição do treino. Grosjean, com supermacios, não conseguiu sair da décima posição, já que preferiu usar os minutos finais para testar o seu Lotus E20 em ritmo de corrida.

No fim da sessão, Alonso e Vettel tentaram aproximar-se do tempo de Hamilton. Mostrando que o F2012 é definitivamente um carro melhor, o espanhol registou 1:15:842, apenas 0.278s mais lento que Lewis, subindo para terceiro, superando Vettel, que caiu para quarto. Pouco depois, o mais jovem bicampeão do mundo foi batido também por Kobayashi, que teve desempenho bem melhor que o de Pérez e subiu para quarto ao marcar 1:16:000. Antes, Kamui teve de desviar de um astuto esquilo que também apareceu na pista em Montreal.

No fim, Rosberg também deixou as boxes com pneus supermacios, mas, assim como Grosjean, testou o seu carro em configuração de corrida e, desta forma, ficou bem longe de superar o tempo de Hamilton, que garantiu a liderança do primeiro treino no Canadá. Apenas Vettel chegou a ameaçar a soberania britânica do piloto da McLaren, mas não foi páreo para o melhor tempo de Lewis.

Confira os tempos:

Pos Driver Team Time Laps
 1.  Lewis Hamilton        McLaren-Mercedes        1m15.564            30
 2.  Sebastian Vettel      Red Bull-Renault        1m15.682s  + 0.118  29
 3.  Nico Rosberg          Mercedes                1m15.782s  + 0.218  30
 4.  Fernando Alonso       Ferrari                 1m15.842s  + 0.278  34
 5.  Mark Webber           Red Bull-Renault        1m15.897s  + 0.333  28
 6.  Nico Hulkenberg       Force India-Mercedes    1m15.986s  + 0.422  29
 7.  Kamui Kobayashi       Sauber-Ferrari          1m16.000s  + 0.436  31
 8.  Sergio Perez          Sauber-Ferrari          1m16.249s  + 0.685  32
 9.  Michael Schumacher    Mercedes                1m16.264s  + 0.700  28
10.  Jenson Button         McLaren-Mercedes        1m16.347s  + 0.783  12
11.  Paul di Resta         Force India-Mercedes    1m16.460s  + 0.896  32
12.  Felipe Massa          Ferrari                 1m16.619s  + 1.055  17
13.  Pastor Maldonado      Williams-Renault        1m16.859s  + 1.295  25
14.  Romain Grosjean       Lotus-Renault           1m16.890s  + 1.326  36
15.  Kimi Raikkonen        Lotus-Renault           1m17.014s  + 1.450  41
16.  Jean-Eric Vergne      Toro Rosso-Ferrari      1m17.352s  + 1.788  28
17.  Daniel Ricciardo      Toro Rosso-Ferrari      1m17.580s  + 2.016  31
18.  Vitaly Petrov         Caterham-Renault        1m17.935s  + 2.371  23
19.  Heikki Kovalainen     Caterham-Renault        1m18.177s  + 2.613  16
20.  Pedro de la Rosa      HRT-Cosworth            1m18.182s  + 2.618  26
21.  Bruno Senna           Williams-Renault        1m18.762s  + 3.198  36
22.  Narain Karthikeyan    HRT-Cosworth            1m19.354s  + 3.790  23
23.  Timo Glock            Marussia-Cosworth       1m20.004s  + 4.440  21
24.  Charles Pic           Marussia-Cosworth       1m20.067s  + 4.503  23

Posted on 8 de Junho de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: