Gary Paffett vence em ‘casa’; Filipe Albuquerque traído pela equipa termina em 10º

Gary Paffett

A temporada de 2012 do DTM continua ótima para Gary Paffett. O piloto da Mercedes não deu hipóteses a ninguém e dominou a etapa de Brands Hatch, na Inglaterra, para conquista a sua segunda vitória no ano, e ampliar ainda mais a sua vantagem na liderança do campeonato: em três provas, ele somou 68 pontos. Já é mais do que conquistaram os líderes da temporada da F1, cujo critério de pontuação é idêntico, após cinco etapas, Sebastian Vettel e Fernando Alonso têm 61.

Largando da pole-position, Paffett imprimiu um ritmo forte no começo e abriu uma vantagem de três segundos sobre Bruno Spengler, da BMW, que superou a Mercedes de Christian Vietoris na partida. No fim, a diferença entre os dois, que terminaram a prova de Lausitz, há duas semanas, com as posições invertidas, foi de cinco segundos. Na tabela de classificação, agora, 25 pontos separam o inglês do canadiano, o equivalente a uma vitória.

A vida do reserva da McLaren, no entanto, não foi fácil. Na metade da prova, ele acabou por tocar, de leve, no francês Adrien Tambay, retardatário, o que lhe fez perder um pouco de tempo. Além disso, um pit stop mais rápido da equipa Schinitzer-BMW contribuiu para que Spengler se aproximasse. Porém, por mais que ele forçasse, não conseguiu chegar perto o suficiente para ameaçar a supremacia do britânico e, nas voltas finais, ainda teve de lidar com os ataques da Audi de Mike Rockenfeller, que terminaria na terceira posição.

Vencedor da etapa de 2011 de Brands Hatch, o atual campeão do DTM, Martin Tomczyk, colocou o seu BMW na quarta posição. A sua prova foi marcada pelas ultrapassagens sobre Vietoris e Tambay nas primeiras voltas. Depois disso, ficou preso atrás de Filipe Albuquerque, mas só conseguiu superá-lo quando a Audi teve problemas no segundo pit-stop, que custaram quatro segundos e quatro posições ao português.

O piloto da Audi melhor colocado foi o sueco Mattias Ekström, quinto. O bicampeão ocupa a terceira posição no campeonato, com 35 pontos. Atrás dele, na sexta posição, Vietorism que foi seguido por Miguel Molina, este fez boas ultrapassagens sobre Edoardo Mortara e Albuquerque nas últimas 20 voltas.

O inglês Jamie Green também superou a dupla da equipa dirigida pelo ex-campeão mundial de F1, Keke Rosberg. Os dois tiveram, aparentemente, problemas de travões na fase final da corrida. Apesar disso, eles conseguiram concluir as 97 voltas, respectivamente, no nono e décimo lugares. Com todo o azar do piloto de Coimbra,  Filipe Albuquerque acabou a corrida da 10ª posição, conseguindo pontuar novamente.

A prova teve apenas dois abandonos, de um BMW e de um Audi. Andy Priauxl teve problemas no seu carro e precisou fazer um pit-stop fora de hora, o que o fez deixar a disputa na 22ª volta, e Timo Scheider viu o seu motor falhar na 55ª volta.

Confira os resultados:

Pos Driver Team/Car Time/Gap
 1.  Gary Paffett        HWA Mercedes      1h10m01.585s
 2.  Bruno Spengler      Schnitzer BMW         + 5.065s
 3.  Mike Rockenfeller   Phoenix Audi          + 5.579s
 4.  Martin Tomczyk      RMG BMW               + 5.997s
 5.  Mattias Ekstrom     Abt Audi             + 22.416s
 6.  Christian Vietoris  HWA Mercedes         + 23.195s
 7.  Miguel Molina       Phoenix Audi         + 23.689s
 8.  Jamie Green         HWA Mercedes         + 24.284s
 9.  Edoardo Mortara     Rosberg Audi         + 25.779s
10.  Filipe Albuquerque  Rosberg Audi         + 29.582s
11.  Augusto Farfus      RBM BMW              + 30.302s
12.  Adrien Tambay       Abt Audi             + 33.015s
13.  Joey Hand           RMG BMW              + 35.977s
14.  Robert Wickens      Mucke Mercedes       + 36.340s
15.  David Coulthard     Mucke Mercedes         + 1 lap
16.  Dirk Werner         Schnitzer BMW          + 1 lap
17.  Roberto Merhi       Persson Mercedes       + 1 lap
18.  Rahel Frey          Abt Audi               + 1 lap
19.  Ralf Schumacher     HWA Mercedes           + 1 lap
20.  Susie Wolff         Persson Mercedes       + 1 lap

Retirements:

     Timo Scheider       Abt Audi               55 laps
     Andy Priaulx        RBM BMW                12 laps

Posted on 20 de Maio de 2012, in DTM and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: