Andreas Mikkelsen supera Dani Sordo no primeiro dia do Rali da Córsega

Andreas Mikkelsen

Foi hoje para a estrada, mais uma edição do mítico Tour de Corse, pelo segundo ano consecutivo no Intercontinental Rally Challenge. Apesar de só se ter disputado três especiais no primeiro dia, as mesmas totalizavam quase 70 quilómetros que foram extremamente competitivos.

Giandomenico Basso venceu a primeira especial com o renovado Fiesta RRC e liderou até à segunda classificativa. No último troço, Basso apenas efetuou a quarta melhor marca, baixando para segundo mas, entretanto, o italiano acabaria por ser infeliz pois, sofreu um acidente na ligação para a assistência e foi obrigado a desistir.

Andreas Mikkelsen venceu o segundo troço empatado com Sordo e subiu para a liderança na derradeira especial, com uma vantagem de apenas 1,8s para Daniel Sordo, ao volante do Mini. O norueguês e o espanhol, estão com andamentos muito próximos desde o primeiro quilómetro, tal como Giandomenico Basso estava mas, existem outros pilotos não muito atrás que poderão aproveitar qualquer deslize.

Craig Breen efetuou o terceiro melhor tempo no troço de abertura, deixando todos espantados, para quem nem tinha entrado no shakedown. No entanto, o irlandês partiu uma transmissão dianteira do Peugeot e baixou para 23º da geral, a 3 minutos do líder.

Pierre Campana queixou-se dos travões mas mesmo assim, conseguiu ser o mais rápido no último troço e subiu para a terceira posição, a 18,3s de Mikkelsen.

Muito regular, Mathieu Arzeno subiu à quarta posição após a desistência de Basso, estando somente a 1,4s de Campana e a 19,7s do líder, com o segundo Peugeot da Sainteloc Racing.

Jan Kopecký optou por poupar os pneus nos 25 quilómetros do troço inicial, efetuando apenas o oitavo tempo. Recuperou para a quarta posição no troço seguinte mas, viria a baixar para quinto depois de ter dado um toque num muro de betão, onde poderia ter estragado o seu rally.

O checo está apenas com 4,1s de desvantagem para Arzeno mas, terá de ter atenção a Bryan Bouffier que vem logo atrás com mais 2,8s. Esperava-se mais do francês mas este, queixou-se do comportamento do carro pois, as afinações do novo Peugeot não foram as mais acertadas.

Andreas Aigner está a liderar a IRC Production Cup, na estreia com o Subaru R4 da Stohl Racing e Pierre Antoine Guglielmi lidera nas duas rodas motrizes, num Renault Clio R3, depois de ter ultrapassado Emmanuel Guigou no derradeiro troço.

Confira os resultados:

Posted on 10 de Maio de 2012, in IRC, Ralisonline.net and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: