Sébastien Loeb vence Rali da Argentina; Armindo Araújo desiste quando era nono

Sébastien Loeb

Terminou hoje mais uma edição do Rally Argentina, com os seus longos 502,73kms em troços cronometrados, num dia que voltou a fazer estragos em mais alguns pilotos do top 10.

Na frente, os dois Citroën intocáveis, limitaram-se a controlar o terceiro classificado e muito provavelmente com ordem de equipa, para deixar Sébastien Loeb vencer mais um rally, o 70º da sua carreira que o coloca destacado na classificação do campeonato.

Mikko Hirvonen foi segundo na Power Stage, fez bem o seu papel de equipa e de segundo piloto do construtor francês, ao terminar na segunda posição e ajudar a Citroën a destacar-se ainda mais no campeonato.

Com o tempo perdido ontem, Dani Sordo nada podia fazer para derrotar a dupla da Citroën mas, no entanto, o espanhol abandonou na Power Stage, devido à quebra da correia do alternador, contribuindo para que a Ford voltasse a ter um fim-de-semana para esquecer.

Com o azar do espanhol, Mads Ostberg voltou a terminar numa posição de destaque, estando na quarta posição do campeonato a dois pontos de Hirvonen.

Apesar dos quase 10 minutos de atraso para Loeb, Martin Prokop terminou na quarta posição, na frente de Thierry Neuville que recuperou várias posições no derradeiro dia.

Petter Solberg voltou a voar e venceu todos os troços da etapa (incluindo a Power Stage), recuperou mais de 2 minutos aos Citroën mas, não foi além da sexta posição. No entanto, o norueguês continua na segunda posição do campeonato, com 18 pontos de diferença.

A luta entre os Skoda da equipa VW, terminou quando Andreas Mikkelsen viu um amortecedor dianteiro, “levantar” o capôt do Fabia S2000. Ogier foi ultrapassado por Neuville e Solberg mas, terminou na sétima posição e obteve alguns pontos.

Armindo Araújo poderia ter terminado em oitavo mas, a direção do Mini cedeu e o português foi obrigado a desistir a meio do último dia.

Com as três desistências do top 10, Novikov, Al-Attiyah e Ott Tänak, fecharam o lote dos 10 primeiros, conseguindo desta forma, obter mais alguns pontos.

Nicolas Fuchs teve problemas e atrasou-se na classificação e ofereceu a vitória no PWRC a Benito Guerra.

Confira os resultados:

1. Sébastien Loeb / Daniel Elena (F) Citroen DS3 WRC  5h34m38,8s
2. Mikko Hirvonen / J Lethinen (FIN) Citroen DS3 WRC +15,2s
3. Mads Ostberg / Jonas Andersson (N/S) Ford Fiesta RS WRC +03m10,4s
4. Martin Prokop / Martin Hruza (CZ) Ford Fiesta RS WRC +09m45,3s
5. Thierry Neuville / Nicolas Guilsoul (B) Citroen DS3 WRC +11m17,6s
6. Petter Solberg / Chris Patterson (N/GB) Ford Fiesta RS WRC +12m02,6s
7. Sébastien Ogier / Julien Ingrassia (F) Skoda Fabia S2000 +12m29,2s
8. Evgeny Novikov / Denis Giraudet (RUS/F) Ford Fiesta RS WRC +21m10,2s
9. Nasser Al-Attiyah / G. Bernacchini (Q/I) Citroen DS3 WRC +28m22,6s
10. Ott Tänak / Kuldar Siic (EE) Ford Fiesta RS WRC +37m19,3s

Posted on 30 de Abril de 2012, in Ralisonline.net, WRC and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: