Team Rodrive com problemas no início do ano termina em 24º

Ford GT3 da Rodrive

Não foi fácil a tarefa da dupla Rui Lapa/Matheus Stumpf na primeira corrida do Campeonato de Espanha de GT, competição que hoje arrancou no Autódromo Internacional do Algarve. A formação da Rodrive teve muitas dificuldades, numa jornada que ficou marcada pela chuva que caiu forte e que levou mesmo a que o arranque da corrida fosse feito atrás do safety car. Esta primeira corrida teve mais de 30 carros em pista, com os pilotos do Campeonato Espanhol a alinharem juntamente com o Internacional GT Open.

Foi o brasileiro Matheus Stumpf o responsável pelo arranque, uma vez que tinha sido ele a alinhar na primeira qualificação logo ao início da manhã. Autor do 16º tempo nos treinos cronometrados, o piloto do Ford GT GT3 ganhou uma posição logo na fase inicial, mas quando a corrida começou verdadeiramente acabou por cometer um erro e o pião que realizou fizeram-no cair algumas posições. O pior, no entanto, estava para vir com um furo e um drive through a atrasarem ainda mais o piloto brasileiro.

Após a troca de pilotos, Rui Lapa quando entrou para o volante ainda procurou ganhar posições, mas acabou por ser tocado por Andrea Montermini, o que danificou o Ford e impediu o piloto de ganhar mais alguns lugares. Assim, acabou por terminar fora dos 20 melhores, mas ainda assim conseguiu somar pontos na categoria GTS. “Foi uma corrida muito difícil. Logo no início o Matheus fez um pião e depois teve um furo. Nessa altura optámos por arriscar nos pneus slicks. Com isso, ainda perdemos algum tempo durante algumas voltas, mas depois começámos a ter um ritmo forte. Foi pena depois um drive through por ter ganho uma posição com o safety car em pista. Depois da troca de pilotos, estava a andar bem e a recuperar lugares, quando o Montermini me abalroou no momento em que me estava a dobrar. Foi mais um imprevisto numa corrida difícil, mas ainda assim acabámos por conseguir terminar no top five dos GTS”, referiu, agastado, Rui Lapa.

Amanhã a segunda corrida tem início às 12h15 e terá Rui Lapa ao volante na fase inicial, ele que acabou por ter igualmente algumas dificuldades na segunda sessão de qualificação, razão pela qual o Ford GT GT3 do Team Rodrive vai sair apenas do 31º lugar. “No momento em que me preparava para iniciar a minha última volta lançada, um piloto do GT Open tapou-me na entrada da recta da meta e com isso perdi 30km/h de velocidade de ponta e foi impossível fazer uma boa marca”, concluiu o piloto.

Classificação Final: 1º M. Holzer/N. Tandy (Porsche), 1h10m59,359s; 2º M. Broniszewski/P. Peter (Ferrari), a 7,651s; 3º S. Bizzarri/N. Cadei (Ferrari), a 25,343s; (…); 24º Rui Lapa/Matheus Stumpf (Ford GT GT3), a 3 voltas.

Posted on 28 de Abril de 2012, in International GT Open and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: