Rodrive otimista para a jornada algarvia

Ford GT da Rodrive

É já esta semana que o Team Rodrive abre as hostilidades da sua temporada desportiva, com a participação na primeira ronda do Campeonato de Espanha IBER GT. Apostando na fiabilidade e competitividade do Ford GT GT3, Rui Lapa e Matheus Stumpf partem optimistas para este primeiro confronto do ano que, curiosamente, decorre em solo luso, no Autódromo Internacional do Algarve.

Após uma longa inter-temporada, os testes no Estoril e em Jerez de la Frontera (Espanha) permitiram à equipa preparar-se o melhor possível, para um ano que se espera muito positivo e onde a aposta passa por subir regularmente ao pódio na categoria GT3. “É nisso que acreditamos. A primeira jornada disputa-se numa pista que eu não conheço, onde nunca corri, mas sobre a qual todos os pilotos com quem falei tecem os maiores elogios, nomeadamente ao seu traçado. Parece-me que o nosso carro poderá ser bastante competitivo, uma vez que tem como um dos pontos forte a tracção à saída das curvas lentas e no Autódromo do Algarve existem algumas zonas com essas características”, diz Rui Lapa.

A poucos dias do início da temporada a expectativa e ansiedades são grandes, mas a equipa está preparada para fazer uma boa época. “Claro que nesta altura existe sempre alguma ansiedade, mas estamos muito confiantes para esta primeira jornada do ano. Os testes de quinta-feira vão ser importantes não só para ficarmos, eu e o Matheus ficarmos a conhecer a pista, mas também para acertarmos o carro para o traçado. Embora seja uma corrida com muitos carros em pista, o facto de estarmos na categoria GT3 faz com que estejamos entre os carros mais rápidos e por isso não temos de estar preocupados com as dobragens”, acrescenta o piloto.

Para finalizar, Rui Lapa acrescenta ainda que “esta prova é igualmente importante para confirmarmos o bom entrosamento que temos na equipa para o resto do campeonato. Pelo facto de esta ser uma ronda em que corremos em conjunto com o Internacional GT Open, as corridas são mais curtas, mas depois teremos provas com mais de duas horas de duração, com trocas de pneus e reabastecimentos. Temos trabalhado muito bem e agora é também a oportunidade de confirmarmos isso em competição. O Matheus chega apenas na quarta-feira, mas está também muito motivado e ansioso por correr neste campeonato. Ele está a apostar muito nesta temporada europeia”, finaliza o piloto português da Rodrive.

Depois de duas sessões de testes marcadas pela organização para quinta-feira (26 Abril), o programa do Campeonato de Espanha IBER GT arranca no dia seguinte com duas sessões de treinos livres (60 minutos cada), uma de manhã e outra à tarde. No sábado de manhã desenrolam-se as duas sessões de qualificação (35 minutos cada), a primeira às 08h30 e a segunda às 10h40, períodos divididos entre as diversas classes. Depois de almoço (15h00) corre-se a Corrida 1 desta série, com uma duração de 70 minutos. Já no domingo a segunda manga está prevista realizar-se pelas 15h10, embora seja provável que a organização opte por integrar os pilotos com os do plantel do Internacional GT Open, cuja segunda corrida do fim-de-semana (50 minutos) está prevista para as 12h30.

Posted on 23 de Abril de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: