Condições atmosféricas condicionam 6ºlugar do Team Novadriver

César Campaniço e Ni Amorim

Após a “pole-position” obtida por César Campaniço ao volante do Audi R8 LMS Ultra com as cores do Banco Sol, Carglass, Hagen e SIVA, eram legítimas as aspirações do Team Novadriver de lutar pela vitória. Objetivo que não sofreu mossa com a penalização que fez a equipa recuar dois lugares na grelha de partida, devido à utilização durante duas voltas na primeira sessão de treinos livres – quando a equipa fazia o “shakedown” ao carro, acabado de chegar das instalações da Audi Sport Customer Racing – de um jogo de pneus vindo de Nogaro.

A chuva acabou por voltar a intrometer-se no desenrolar de uma corrida do Campeonato Europeu FIA GT3, quando César Campaniço iniciou o seu turno de condução. Ainda assim, depois de algumas dificuldades iniciais com a agressividade de outros pilotos, o piloto do Team Novadriver conseguiu entregar o carro a Ni Amorim no segundo lugar, depois de impor um andamento muito forte, ligeiramente penalizado no final do seu turno devido à pista estar a secar.

A pista tornou-se muito traiçoeira e Ni Amorim teve algumas dificuldades iniciais, mas quando as condições estabilizaram tudo voltou ao normal. Infelizmente, o impressionante andamento imposto pelo piloto do Team Novadriver na parte final da corrida não lhe permitiu mais que alcançar o sexto lugar, encostado aos escapes dos dois carros que terminaram no quarto e quinto lugar. Ainda assim, o Team Novadriver foi o melhor classificado dos Audi R8 LMS Ultra presentes.

César Campaniço – “Foi uma corrida difícil, pois a chuva alterou muito a pista. Mesmo assim, consegui rapidamente alcançar o segundo lugar e quando estava a tentar a ultrapassagem ao primeiro classificado, acabei por ser empurrado para fora de pista, perdendo algum tempo e o segundo lugar. Que, apesar da pista a secar provocar dificuldades com os pneus de chuva, consegui recuperar até à paragem nas boxes para troca de pilotos.

Ni Amorim – “Conheci muitas dificuldades na primeira parte do meu turno de condução, com a pista muito traiçoeira, perdendo algum tempo. Depois, tudo melhorou e comecei a ganhar ritmo e a parte final da corrida foi feita a fundo, com muito bom andamento. Mais alguns minutos de prova e poderíamos ter terminado a corrida no quarto lugar, pois finalizei a prova encostado aos dois Mercedes que terminaram no quarto e quinto lugar.

Posted on 22 de Abril de 2012, in FIA GT3 European Championship and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: