Devido a lesão, Jari-Matti Latvala substituído por Dani Sordo

Dani Sordo

Daniel Sordo vai substituir Jari-Matti Latvala na condução do Fiesta de número 3 da equipa de fábrica da Ford na disputa do Rali da Argentina, entre 27 e 29 de abril, em Córdoba. O espanhol, de 28 anos, atualmente tem vínculo com a Prodrive Mini. Mas a equipa anglo-germânica não levaria Sordo para a América do Sul, a equipa só terá o Eliseo Salazar, deu sinal verde para que Sordo e o seu navegador, Carlos del Barrio, corressem pela Ford excepcionalmente na Argentina.

Latvala sofreu um acidente enquanto andava de ski no seu país-natal, a Finlândia, e fraturou a clavícula. Lesionado, o número 1 da Ford não terá condições de pilotar em Córdoba. Depois de muita especulação sobre o nome do substituto para o nórdico, sexto colocado no Mundial, a Ford optou pela escolha mais óbvia: Sordo, que vem a fazer uma grande campanha, apesar das dificuldades da Prodrive, que deixou de ser a equipa oficial da Mini neste ano.

Naturalmente estamos decepcionados porque Jari-Matti vai perder este rali, mas garantir uma recuperação plena o mais rápido possível é o mais importante para ele e a equipa. Temos a sorte de ter um piloto do calibre de Dani para se unir a nós”, afirmou Malcolm Wilson, chefe de equipa da Ford no WRC.

O dirigente britânico justificou a sua opção pelo espanhol. “A sua experiência no Rali da Argentina foi um fator-chave nesta decisão, tendo ele disputado a prova cinco vezes e terminado em segundo em 2009”, lembrou Wilson, fazendo menção ao tempo em que Sordo correu pela Citroën como companheiro de Sébastien Loeb.

O chefe de equipa da Ford agradeceu à Prodrive Mini por ter cedido Sordo para a prova em Córdoba. “O acordo é apenas para um rali, e eu gostaria de agradecer à direção da atual equipa do Dani. Eles foram extremamente gentis em ajudar-nos em tais circunstâncias desafiadoras”, complementou.

Já Richard Taylor, comandante da Prodrive, entende que era importante assegurar quilometragem a Sordo, uma vez que a esquadra anglo-germânica não poderá oferecer ao espanhol um carro para participar de toda a temporada. “O Dani não está a fazer todas as etapas do campeonato deste ano conosco, e é muito importante para ele pilotar no máximo possível de provas.

É bom para o desporto que Dani esteja lá a competir. Faz sentido para os espectadores estarem diante dos melhores pilotos. A Ford teve azar com Jari-Matti e pudemos ajudar libertando o Dani para guiar na Argentina”, finalizou o britânico.

Posted on 18 de Abril de 2012, in WRC and tagged , . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: