Team Novadriver conquista excelente segundo lugar no Estoril

Team Novadriver com jornada positiva

O Team Novadriver, com César Campaniço e Carlos Vieira ao volante do Audi R8 LMS com as cores do Banco Sol, Pocargil, Hagen, Familtex e M Look, voltaram a demonstrar enorme rapidez e tenacidade, ao recuperarem, uma vez mais, desde a última posição da grelha de partida até um fantástico segundo lugar final, na segunda corrida da segunda jornada dupla do Campeonato de Portugal de Circuitos, primeira a contar para o Iberian Supercars Trophy.

Carlos Vieira assumiu o volante do Audi R8 LMS do Team Novadriver na largada e de imediato se lançou na busca dos primeiros lugares, tendo chegado a terceiro ainda na primeira volta, concretizando a ultrapasagem ao segundo classificado na terceira volta. Agressivo, o piloto tentou colocar pressão no líder que tinha como “handicap” uma paragem nas boxes mais prolongada.

Infelizmente, pilotos mais atrasados não respeitaram as bandeiras azuis e Carlos Vieira não consegiu reduzir mais que um punhado de segundos a diferença para o primeiro classificado. Foi então tempo para entregar o Audi R8 LMS com as cores do Banco Sol, Pocargil, Hagen, Familtex e M Look, a César Campaniço, que cumpriu a segunda parte da corrida.

Perdida a batalha do “handicap”, César Campaniço tentou recuperar algum tempo para o primeiro classificado, mas uma penalização que ditou uma passagem pela via das boxes – devido a uma ultrapassagem musculada por parte de Carlos Vieira – tornou debalde o esforço do piloto do Team Novadriver.

Desta forma, César Campaniço limitou-se a conservar o segundo lugar, excelente para quem utilizou um Audi R8 LMS com especificações de 2011 e um restritor de 36 mm, bem mais penalizador que o regulamentar restritor de 39 mm.

César Campaniço – “Recebi o carro no segundo lugar e nas primeiras voltas tentei forçar o andamento para perceber se tinha andamento para pressionar o primeiro classificado. Percebi imediatamente que o Audi R8 LMS com os restritores de 36 mm não tinha muitas hipoteses de contrariar o andamento do Lamborghini Gallardo, por isso limitei-me a assegurar o segundo lugar. Surpreendentemente recebi um penalização de passagem pela via das boxes e fiquei apreensivo, pois o terceiro classificado estava demasiado perto. Felizmente tudo correu bem e pudemos festejar mais um segundo lugar, brilhante se tivermosem conta a forma como o carro fez as duas corridas.”

Carlos Vieira – “Fiz uma excelente largada e consegui chegar até ao terceiro lugar de forma fácil, encontrando maiores dificuldades para alcançar o segundo posto. Foi possivel entregar o carro ao César no segundo lugar, mas não consegui diminuir a diferença para o primeiro classificado de maneira a que o César pudesse sair das boxes em vantagem. Mesmo assim, foi mais um segundo lugar muito saboroso, tendo em vista tudo aquilo que se passou ontem.

Anúncios

Posted on 15 de Abril de 2012, in Campeonato de Portugal de Circuitos, Iberian Supercars Trophy and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: