Estreia auspiciosa de Filipe Barreiros e Francisco Guedes com um pódio à mistura

Filipe Barreiros e Francisco Guedes

Filipe Barreiros terminou a sua corrida na 16ª posição, atrasado por uma inesperada paragem nas boxes, ao passo que Francisco Guedes cortou a meta na 3ª posição, estabelecendo ainda a volta mais rápida no conjunto das duas corridas efectuadas.

Foi Filipe Barreiros o primeiro a entrar em pista, na corrida disputada pouco depois do meio dia. Saindo da nona posição da grelha de partida, o piloto português conseguiu passar três adversários, “colando-se” ao grupo da frente, assim continuando durante algumas voltas, já que os andamentos eram muito semelhantes. Só que, um sinal de emergência acendeu-se no painel de instrumentos do Ferrari 458, obrigando-o a ir às boxes.

Estava a ganhar ritmo e mantinha-me entre os da frente, quando acenderam as luzes avisadoras de anomalia na tração e estabilidade, pelo que fui de imediato às boxes. A equipa fez um check-up ao sistema e não havendo nada de anormal, continuei, mas já um pouco atrasado. Felizmente tinha entrado o safety-car em pista e pude recuperar um pouco a distância para os da frente. Só que estas corridas são muito curtas (30m) e, no tempo que restava, não foi possível fazer melhor. De qualquer forma gostei muito. Constatei que posso ser bastante mais rápido, pelo que saio do Circuito de Monza, com a confiança de que as coisas irão correr ainda melhor, nas próximas provas.

Filipe Barreiros terminou a prova na 16ª posição entre 25 pilotos, mas com o andamento demonstrado e sem a paragem, talvez pudesse melhorar três ou quatro posições, terminando a corrida na mesma volta que o vencedor. Quanto a Francisco Guedes, foi fantástica a prestação do piloto.

Arrancando da segunda linha da grelha de partida, ainda na primeira volta passou para terceiro, lançando-se na perseguição dos dois primeiros, Giannoni e Basov, que trocaram de posições na quinta volta, passando o russo para a frente.

Nessa altura Francisco Guedes passou a ser o mais rápido em pista, batendo sucessivamente o record da volta que fixou em 1.52,754, à 10ª volta, chegando a colocar-se a poucas décimas de Giannoni, quando este tentava, nas últimas voltas, regressar ao comando. As posições não se alteraram e Francisco Guedes sobe assim ao pódio de Monza, numa prova de estreia que se pode considerar auspiciosa para o piloto de Cascais.

Foi uma partida algo confusa, pois houve um ligeiro acidente à minha frente e um dos carros largou todo o líquido do radiador, que ficou espalhado na pista. O Safety Car entrou durante quatro voltas e quando saiu, eu perdi algum tempo para os dois da frente, passando o resto da corrida a tentar recuperar. Colei-me a eles nas últimas voltas, mas à entrada da última curva, apesar de poder ir buscar o segundo lugar, decidi não arriscar, pois vi bandeiras a sinalizar óleo na pista. Para estreia, o terceiro lugar e o recorde da volta, é bastante bom.

Posted on 1 de Abril de 2012, in Ferrari Challenge Europa and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: