Sergey Sirotkin vence primeira corrida de Valência

Sergey Sirotkin

A alegria de Adrian Quaife-Hobbs durou apenas alguns metros. O pole-position, o britânico mal conseguiu manter a liderança após a largada e foi superado por um inspirado Sergey Sirotkin, que liderou com tranquilidade todas as 21 voltas e venceu a primeira corrida da Auto GP em Valência, neste sábado.

O jovem, de apenas 16 anos, começa de maneira promissora a sua jornada na Auto GP. Depois de faturar o título da Fórmula Abarth Europeia e o vice da versão italiana da competição, Sirotkin chegou à sua primeira vitória na AutoGP com a autoridade de um veterano, levando a Euronova ao lugar mais alto do pódio no circuito Ricardo Tormo.

Em momento algum Quaife-Hobbs conseguiu ameaçar a liderança do jovem russo, que adotou ousada tática com os pneus. Sirotkin optou por iniciar a prova com os compostos mais duros da Kumho, diferentes da maioria dos seus adversários, que escolheram começar a corrida com os macios. Desta forma, Sergey conseguiu ser rápido, e o mais importante, ser constante, facto que foi crucial para a vitória neste sábado.

Victor Guerin partiu em terceiro, mas foi ultrapassado por Pal Varhaug, ex-GP2, e por Facundo Regalia, argentino da Campos. Entretanto, o piloto conseguiu recuperar a posição depois das paragens obrigatórias para troca de pneus. Mas na volta 16, o motor Zytek V8 falhou num momento crucial e colocou fim às esperanças de Guerin subir ao pódio em Valência.

A quebra no motor provocou esvaziamento de óleo, e consequentemente, a ronda do brasileiro, que só parou na gravilha. Outros pilotos que vinham atrás ainda conseguiram manter o controlo e permaneceram na pista. Mas Matteo Beretta não teve a mesma sorte e acabou por acertar em Guerin, o que obrigou a direção de prova a acionar o safety-car, fazendo com que Varhaug subisse para terceiro. Nem após a relargada Quaife-Hobbs conseguiu aproximar-se de Sirotkin, que manteve a supremacia e cruzou a linha de chegada na frente.

Daniel de Jong, da Manor, levou a Holanda à quarta posição e foi seguido pelo italiano Sergio Campana. Ex-piloto da Superleague Fórmula, Chris Van der Drift foi o sexto classifido e terminou à frente de Regalia, que não conseguiu manter o bom ritmo do início da corrida e perdeu várias posições. Max Snegirev foi o oitavo, enquanto Antonio Spavone e Sten Pentus fecharam a lista dos dez primeiros.

Confira os resultados:

Pos Driver Team Time/Gap
 1.  Sergey Sirotkin      Euronova     32m49.721s
 2.  Adrian Quaife-Hobbs  Super Nova     + 0.969s
 3.  Pal Varhaug          Virtuosi UK    + 3.374s
 4.  Daniel de Jong       Manor MP       + 4.831s
 5.  Sergio Campana       MLR 71         + 5.731s
 6.  Chris van der Drift  Manor MP       + 6.325s
 7.  Facu Regalia         Campos         + 7.301s
 8.  Maxim Snegirev       Campos         + 7.967s
 9.  Antonio Spavone      Euronova       + 8.300s
10.  Sten Pentus          Virtuosi UK    + 9.077s
11.  Giancarlo Serenelli  Ombra          + 9.965s
12.  Giuseppe Cipriani    Campos        + 10.705s
13.  Yann Cunha           Ombra         + 11.225s
14.  Michele la Rosa      MLR 71          + 1 lap
15.  Peter Milavec        Zele            + 1 lap

Did not finish:

     Victor Guerin        Super Nova      16 laps
     Matteo Beretta       Zele            16 laps

Posted on 31 de Março de 2012, in AutoGP and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: