Lewis Hamilton domina o primeiro treino livre em Sepang

Lewis Hamilton

A McLaren deu mais um indicativo de que é a equipa a ser batida neste início de temporada na F1. Lewis Hamilton dominou a primeira sessão de treinos livres do GP da Malásia, na manhã desta sexta-feira, em Sepang. O britânico registou 1:38:021, com pneus duros, e impôs vantagem de 0,514s em Sebastian Vettel, o segundo classificado. Destaque para os pilotos da Mercedes: Nico Rosberg e Michael Schumacher terminaram a sessão em terceiro e quarto, respectivamente.

A Ferrari, definitivamente, está em péssima fase. A comprovar-se o fraco desempenho exibido em Sepang, trata-se de o prenúncio de um mais um fim de semana difícil para a equipa de Maranello. A escuderia foi apenas a sétima força da sessão e teve McLaren, Red Bull, Mercedes, Lotus, Force India e até mesmo a Williams à frente. Felipe Massa foi o melhor piloto da equipa italiana e ficou a apenas 13º, 1,875s atrás de Hamilton. Fernando Alonso, que testou várias asas dianteiras, ficou duas posições atrás do brasileiro.

Depois de enfrentar problemas hidráulicos no começo da sessão, Romain Grosjean, que foi um dos destaques em Melbourne ao garantir o terceiro lugar na grelha partida, estabeleceu o quinto melhor tempo do treino livre em Sepang, ficando mais uma vez à frente de Kimi Raikkonen, sétimo. Entre a dupla da Lotus posicionou-se Mark Webber, pouco mais de 0,5s atrás de Vettel.

A Force India fez jus ao nome, mostrou força e colocou os seus dois pilotos na lista dos dez primeiros do treino em Sepang. Paul di Resta foi o oitavo e andou à frente, inclusive, de Jenson Button, que completou apenas 15 voltas. Nico Hülkenberg, por sua vez, fechou o top-10 no circuito malaio. Destaque também para a Williams, que colocou o reserva Valtteri Bottas, substituto de Bruno Senna neste primeiro treino livre, numa boa 11ª posição, logo à frente de Pastor Maldonado.

Como é de praxe no início de todas as sessões de treinos livres, os pilotos deixaram as boxes para executar as primeiras voltas de instalação e reconhecimento do circuito malaio. Mas logo todos regressaram para o pit-lane depois de verificarem as condições do asfalto de Sepang, que já beirava os 40ºC de temperatura.

Apenas com 15 minutos de sessão que o primeiro piloto fez a primeira cronometrada. Timo Glock, com a Marussia, anotou 1:44:935, enquanto Di Resta registou tempo de volta bastante alto: 2:04:524 com a Force India, num momento que o treino estava a começar a desenrolar-se.

Caterham a correr em casa

Até mesmo a HRT, que nem sequer conseguiu classificação para o GP da Austrália, conseguiu completar algumas voltas, ainda que de forma muito lenta. Este foi o caso, por exemplo, de Narain Karthikeyan. O novo F112 ficou parado na reta da meta, mas a direção de prova acionou apenas a bandeira amarela no local, e o treino seguiu normalmente.

Glock ainda continuava a fazer voltas ‘rápidas’, até que Button finalmente foi à pista para ser o primeiro das equipas grandes a registar um tempo significativo. O britânico, vencedor do GP da Austrália, anotou 1:39:323, mas ficou apenas alguns minutos na frente. Isso porque Raikkonen fez 1:39:128 e assumiu a liderança.

Os carros da Ferrari começaram a deixar as boxes para estabelecer as primeiras voltas rápidas da equipa no sempre quente dia em Sepang. E foi Massa o primeiro piloto de Maranello a anotar uma volta cronometrada: 1:39:904 para o brasileiro, que momentaneamente subiu para terceiro, ao mesmo tempo em que Grosjean, com problemas hidráulicos, continuava lento na pista, até em posição perigosa, mas conseguiu arrastar-se até às boxes.

Pouco tempo depois, já com 27 minutos de sessão, foi a vez de Schumacher assumir a frente e mostrar a força da Mercedes. O heptacampeão mundial arrancou 1:39:083, apenas 0,045s mais rápido que Kimi.

Mas repetindo um panorama parecido com o que se viu em Melbourne, Hamilton levou a McLaren à liderança da tomada de tempos ao simplesmente destruir o tempo de Schumacher em mais de 1s ao anotar 1:38:021. Também melhoraram os respectivos tempos Vettel e Rosberg, relegando Michael ao quarto posto. Detalhe é que todos os pilotos registaram as suas marcas com os pneus duros, com as bandas identificadas na cor prateada.

Para se ter uma ideia do domínio da McLaren de Hamilton em Sepang, o britânico tinha nada menos que 0,5s de vantagem para Vettel, com a não mais dominante Red Bull. Em contrapartida, Button vinha mais discreto e havia caído apenas para o nono posto após dedicar o restante do treino ao acerto para corrida.

Faltando 12 minutos para o fim da sessão, a Williams chamava a atenção por posicionar os seus dois carros à frente dos adversários da Ferrari. Valtteri Bottas, substituto de Bruno Senna neste primeiro treino livre, em Sepang, era o 11º, seguido por Pastor Maldonado, destaque em Melbourne. Enquanto isso, Massa era só o terceiro classificado, duas posições à frente de Alonso.

Nos dez minutos finais, alguns pilotos colocaram os pneus médios para reduzir um pouco os tempos de volta, mas a maioria optou por seguir com os compostos duros para avaliar melhor o comportamento desse tipo de borracha no calor de Sepang, cuja temperatura atingiu nada menos que 41ºC no asfalto, 31º de temperatura do ar.

Confira os tempos:

Pos Driver Team Time Laps
 1.  Lewis Hamilton        McLaren-Mercedes       1m38.021s            19
 2.  Sebastian Vettel      Red Bull-Renault       1m38.535s  + 0.514   21
 3.  Nico Rosberg          Mercedes               1m38.813s  + 0.792   21
 4.  Michael Schumacher    Mercedes               1m38.826s  + 0.805   19
 5.  Romain Grosjean       Lotus-Renault          1m38.919s  + 0.898   17
 6.  Mark Webber           Red Bull-Renault       1m39.092s  + 1.071   20
 7.  Kimi Raikkonen        Lotus-Renault          1m39.128s  + 1.107   22
 8.  Paul di Resta         Force India-Mercedes   1m39.298s  + 1.277   23
 9.  Jenson Button         McLaren-Mercedes       1m39.323s  + 1.302   15
10.  Nico Hulkenberg       Force India-Mercedes   1m39.440s  + 1.419   19
11.  Valterri Bottas       Williams-Renault       1m39.724s  + 1.703   23
12.  Pastor Maldonado      Williams-Renault       1m39.783s  + 1.762   23
13.  Felipe Massa          Ferrari                1m39.896s  + 1.875   16
14.  Kamui Kobayashi       Sauber-Ferrari         1m39.910s  + 1.889   21
15.  Fernando Alonso       Ferrari                1m39.980s  + 1.959   23
16.  Jean-Eric Vergne      Toro Rosso-Ferrari     1m40.099s  + 2.078   23
17.  Heikki Kovalainen     Caterham-Renault       1m40.247s  + 2.226   19
18.  Daniel Ricciardo      Toro Rosso-Ferrari     1m40.469s  + 2.448   23
19.  Vitaly Petrov         Caterham-Renault       1m40.857s  + 2.836   25
20.  Sergio Perez          Sauber-Ferrari         1m41.085s  + 3.064   23
21.  Timo Glock            Marussia-Cosworth      1m43.170s  + 5.149   18
22.  Charles Pic           Marussia-Cosworth      1m44.580s  + 6.559   14
23.  Narain Karthikeyan    HRT-Cosworth           1m45.360s  + 7.339    8
24.  Pedro de la Rosa      HRT-Cosworth           1m45.528s  + 7.507   18

Posted on 23 de Março de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: