Jolyon Palmer lidera treino livre da GP2 na Malásia

Jolyon Palmer

A temporada 2012 da GP2 começou com Jolyon Palmer na frente. O britânico da iSport liderou a primeira sessão oficial de treinos da etapa da Malásia, em Sepang, nesta sexta-feira. Com o tempo de 1:46:514, Palmer foi 0,164s mais rápido que o grande favorito ao título neste ano, Davide Valsecchi, da Dams. Outro britânico, Max Chilton, da Carlin, foi o terceiro classificado, seguido pelo holandês Giedo Van der Garde, da Caterham, e pelo italiano Fabio Onidi, representante da Coloni.

A sessão foi marcada pelo forte calor que pairou sobre o autódromo malaio, a temperatura ambiente alcançou a casa dos 32ºC, enquanto no asfalto, os termômetros chegaram a marcar 45ºC, e pelos incidentes protagonizados por Johnny Cecotto Jr. (filho de Johnny Cecotto, companheiro de Ayrton Senna na Toleman em 1984).

Com apenas meia-hora de duração, o único treino livre da GP2 tem uma dinâmica um pouco diferente do que acontece na Fórmula 1. Em vez de os pilotos deixarem as boxes para completarem apenas voltas de aquecimento e regressaram para as garagens, a maioria permaneceu na pista por um pouco mais de tempo e registou as primeiras voltas lançadas.

Os primeiros a andarem mais rápido, na casa de 1min48s, foram Tom Dilmann, Valsecchi, Esteban Gutiérrez e Nasr. Este tempo, no entanto, logo caiu para a casa de 1min47s. Completada a primeira ronda de voltas lançadas, na qual praticamente todos os pilotos dividiram a pista, o mais rápido era o veterano Valsecchi, com 1:47:005. O italiano era seguido, de longe, por outro veterano da categoria, Luiz Razia, que cravara 1:47:418.

Com pouco menos de 20 minutos restando para a conclusão da sessão, bandeiras amarelas foram agitadas no terceiro setor do circuito de Sepang, provocadas por um incidente envolvendo dois venezuelanos: Gutiérrez e Cecotto Jr. Numa volta de desaceleração, o mexicano da Lotus deu o lado externo da curva 9 para que o venezuelano fizesse a ultrapassagem. Na saída, o pneu traseiro esquerdo de Cecotto Jr. tocou o dianteiro direito de Gutierrez que, com a suspensão danificada, sequer regressou às boxes. Até então, Esteban tinha o quinto tempo, e Johnny, o 20º. O incidente ficou para investigação após o encerramento do treino.

Os tempos começaram a despencar novamente no terço final da sessão, quando os pilotos regressaram à pista fazendo uso dos compostos médios da Pirelli. Com sete minutos restando no cronómetro, Palmer cravou 1:46:514, já meio segundo mais rápido que o tempo de Valsecchi.

A dois minutos do fim, Valsecchi tentou bater de Palmer, contudo, acabou perdendo o duelo por 0,164s. Ao mesmo tempo, o seu companheiro de Dams, Nasr, registrou o sexto tempo, na casa de 1:47:360, e superou Razia, que não baixou o tempo registado no começo da atividade. O companheiro de Razia, o suíço Simon Trummer foi o 18º classificado, com a marca de 1:48:246.

Nos instantes finais, Cecotto Jr. voltaria a motivar bandeiras amarelas, ao rodar na penúltima curva do circuito e ficar parado no local, sendo empurrado pelos fiscais para fora da pista.

Confira os tempos:

Pos Driver Team Time Gap
 1.  Jolyon Palmer        iSport              1m46.514s
 2.  Davide Valsecchi     DAMS                1m46.678s  + 0.164s
 3.  Max Chilton          Carlin              1m47.152s  + 0.638s
 4.  Giedo van der Garde  Caterham            1m47.229s  + 0.715s
 5.  Fabio Onidi          Coloni              1m47.318s  + 0.804s
 6.  Felipe Nasr          DAMS                1m47.360s  + 0.846s
 7.  Luiz Razia           Arden               1m47.418s  + 0.904s
 8.  James Calado         Lotus               1m47.532s  + 1.018s
 9.  Stefano Coletti      Coloni              1m47.533s  + 1.019s
10.  Josef Kral           Addax               1m47.580s  + 1.066s
11.  Fabio Leimer         Racing Engineering  1m47.616s  + 1.102s
12.  Johnny Cecotto Jr    Addax               1m47.637s  + 1.123s
13.  Esteban Gutierrez    Lotus               1m47.639s  + 1.125s
14.  Nathanael Berthon    Racing Engineering  1m47.644s  + 1.130s
15.  Jon Lancaster        Ocean               1m47.681s  + 1.167s
16.  Fabrizio Crestani    Lazarus             1m47.699s  + 1.185s
17.  Stephane Richelmi    Trident             1m47.862s  + 1.348s
18.  Simon Trummer        Arden               1m48.246s  + 1.732s
19.  Rio Haryanto         Carlin              1m48.259s  + 1.745s
20.  Marcus Ericsson      iSport              1m48.326s  + 1.812s
21.  Nigel Melker         Ocean               1m48.437s  + 1.923s
22.  Tom Dillmann         Rapax               1m48.447s  + 1.933s
23.  Julian Leal          Trident             1m48.746s  + 2.232s
24.  Rodolfo Gonzalez     Caterham            1m48.764s  + 2.250s
25.  Ricardo Teixeira     Rapax               1m50.549s  + 4.035s
26.  Giancarlo Serenelli  Lazarus             1m52.306s  + 5.792s

Posted on 23 de Março de 2012, in GP2 Series and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: