Michael Schumacher é o mais rápido no segundo treino livre

Michael Schumacher

Michael Schumacher comprovou a boa forma da Mercedes neste começo de temporada em Melbourne, na Austrália. Depois de ter registado o terceiro melhor tempo na primeira sessão de treinos livres desta sexta-feira, em Albert Park, o heptacampeão mundial fez ainda melhor na parte da tarde e foi o mais rápido da última tomada de tempos do dia. Schumacher venceu um pequeno duelo travado contra o seu compatriota, Nico Hülkenberg, da Force India, no fim do treino, tornando os minutos finais bastante empolgantes.

Schumacher anotou, já com o cronómetro a zeros e calçado com pneus duros, a marca de 1:29:183, apenas 0,109s mais rápido que Hülkenberg, que estabeleceu o seu tempo com compostos macios. Coincidência ou não, os dois primeiros classificados do treino da tarde são pilotos de equipas empurradas por motores da Mercedes. Em terceiro aparece a surpresa Sergio Pérez, que fez treino consistente e fechou à frente de Fernando Alonso, que repetiu a quarta posição da manhã.

A Sauber colocou mais um carro no top-5, graças a Kamui Kobayashi, quinto no segundo treino livre. O nipónico terminou à frente de Paul di Resta, com o segundo carro da Force India, e de Felipe Massa, sétimo. Outro piloto que apareceu muito bem na Austrália nesta tomada de tempos foi Heikki Kovalainen, que posicionou o seu Caterham CT01 em oitavo, A façanha foi ainda maior ao levar em conta os pilotos que aparecem na sequência: Nico Rosberg e Sebastian Vettel, nono e décimo classificados, respectivamente.

Desta vez a Williams apresentou forma apenas discreta em Albert Park. Pastor Maldonado não conseguiu nem de longe mostrar o bom desempenho apresentado pela manhã e ficou apenas em 17º, logo à frente de Kimi Räikkönen e do seu companheiro de Williams, Bruno Senna.

Por conta do intenso temporal que desabou em Melbourne entre os treinos da manhã e da tarde, os pilotos abriram a segunda sessão de treinos livres com a pista bastante encharcada. E foi a dupla da Sauber, formada por Pérez e Kobayashi, a primeira a deixar as boxes nesta tarde em Albert Park. Entretanto, os dois jovens pilotos apenas completaram voltas de instalação e logo voltaram aos pits.

Mas logo de seguida, foram os carros da Toro Rosso, devidamente calçados com pneus para chuva intensa (com as laterais pintadas em azul), os primeiros a marcarem tempo na segunda sessão em Melbourne. Vergne logo assumiu a liderança e seguiu baixando o seu tempo gradualmente, sempre seguido por Ricciardo. O francês, que começou o treino marcando 1:52:200, logo baixou a sua marca em 5s, muito longe do que fora estabelecido pela manhã por Button: 1:27:560.

Sem as grandes na pista, o protagonismo da primeira meia-hora de treino ficou com as equipas intermédias: além de Sauber e Toro Rosso, também a Force India de Nico Hülkenberg.

No outro extremo, a HRT finalmente conseguiu completar a sua primeira volta cronometrada oficial na F1 em 2012. O feito coube a Narain Karthikeyan, mas o tempo registado pelo indiano dá cada vez mais indícios que a equipa espanhola pode nem se classificar para o GP da Austrália. Narain completou 1:55:886, tempo quase 9s mais lento que Vergne.

Mesmo com o asfalto ainda bastante encharcado, e os pilotos seguiam com pneus para chuva intensa, os tempos continuaram a cair gradativamente. Hülkenberg levou a Force India à ponta ao marcar 1:46:779, mas logo foi relegado por Kobayashi em pouco mais de 0,6s. De seguida, o líder da Sauber foi o primeiro a andar abaixo de 1min46s em Melbourne durante a tarde, ampliando a sua vantagem na ponta da sessão.

O domínio das equipas do pelotão intermédio parou por aí, quando faltavam poucos minutos para o fim da primeira meia-hora de sessão. Isto porque as grandes começaram a deixar as boxes.

Depois das McLaren, que apenas fizeram voltas de instalação, foi a vez de Alonso levar a Ferrari de número 5 à pista, devidamente calçada com pneus intermediários. Resultado: liderança para o espanhol após marcar 1:44:912 na sua primeira volta. Já na segunda volta, Fernando melhorou 2,7s em relação à volta anterior, comprovando a melhora nas condições da pista de Albert Park.

De seguida, foi a vez de Massa esboçar uma reação após ter cometido um erro no fim do treino da manhã. O brasileiro marcou 1:41:9, baixando a marca em 0,2s na volta seguinte, garantindo assim uma momentânea dobradinha da Ferrari, mas ainda sem Red Bull, McLaren, Mercedes e Lotus na pista.

Mas quem roubou a cena, ainda que por apenas alguns segundos, foi Maldonado. Por alguns parcos segundos, o venezuelano levou a equipa ao topo da tabela de tempos na Austrália. Mas a posição era alta demais para o piloto da Williams e logo foi superada por Button, que ampliou a sua vantagem perante o latino-americano para 1,597s após comprovar que as condições da pista eram muito melhores em relação ao início da sessão. Pastor chegou a voltar ao comando do treino, mas a Mercedes prateada de Schumacher voltou a brilhar, e com o tempo de 1:37:649, o alemão assumiu a ponta.

Aproveitando a melhora nas condições da pista, Pérez levou a Sauber à liderança do treino após cravar 1:37:189 com pneus intermédios, que tem as laterais pintadas na cor verde.

Depois de pouco mais de 15 minutos sem carro na pista, Karthikeyan deixou as boxes com o seu novo F112 calçado com pneus mais duros e prontos para pista seca. O indiano foi o primeiro piloto a usar tal tipo de composto à tarde. Com muito esforço, Narain passou Charles Pic, da rival Marussia, e Kamui Kobayashi, que só havia completado nove voltas em Albert Park.

Foi a senha para que boa parte dos pilotos da grelha fossem à pista no fim da sessão, sendo que a maioria fez uso dos pneus macios. E os tempos novamente voltaram a cair. Vettel, Grosjean, e Massa ocuparam a liderança. Destaque para o surpreendente tempo de Glock, 1:35:477, que chegou a ocupar a segunda posição com o seu Marussia em Melbourne.

Mas os últimos dez minutos foram empolgantes, com muitas trocas de posições na liderança. Destaque para o duelo alemão entre Schumacher e Hülkenberg. O piloto da Force India ainda mostrou que ficaria mesmo na primeira posição do treino da tarde, mas o heptacampeão mundial, já com o cronómetro a zeros, fez 1:29:183, apenas 0,109s mais rápido que o compatriota, levando a Mercedes ao topo do segundo treino livre.

Confira os tempos:

Pos Driver Team Time Laps
 1.  Michael Schumacher    Mercedes                1m29.183s            16
 2.  Nico Hulkenberg       Force India-Mercedes    1m29.292s  +  0.109  19
 3.  Sergio Perez          Sauber-Ferrari          1m30.199s  +  1.016  23
 4.  Fernando Alonso       Ferrari                 1m30.341s  +  1.158  13
 5.  Kamui Kobayashi       Sauber-Ferrari          1m30.709s  +  1.526  14
 6.  Paul di Resta         Force India-Mercedes    1m31.466s  +  2.283  13
 7.  Felipe Massa          Ferrari                 1m31.505s  +  2.322  14
 8.  Heikki Kovalainen     Caterham-Renault        1m31.932s  +  2.749  16
 9.  Nico Rosberg          Mercedes                1m32.184s  +  3.001  17
10.  Sebastian Vettel      Red Bull-Renault        1m32.194s  +  3.011  19
11.  Mark Webber           Red Bull-Renault        1m32.296s  +  3.113  20
12.  Timo Glock            Marussia-Cosworth       1m32.632s  +  3.449  17
13.  Vitaly Petrov         Caterham-Renault        1m32.767s  +  3.584  15
14.  Romain Grosjean       Lotus-Renault           1m32.822s  +  3.639  11
15.  Jenson Button         McLaren-Mercedes        1m33.039s  +  3.856  18
16.  Lewis Hamilton        McLaren-Mercedes        1m33.252s  +  4.069  11
17.  Pastor Maldonado      Williams-Renault        1m34.108s  +  4.925  21
18.  Kimi Raikkonen        Lotus-Renault           1m34.275s  +  5.092   7
19.  Bruno Senna           Williams-Renault        1m34.312s  +  5.129  17
20.  Jean-Eric Vergne      Toro Rosso-Ferrari      1m34.485s  +  5.302  29
21.  Daniel Ricciardo      Toro Rosso-Ferrari      1m34.604s  +  5.421  31
22.  Charles Pic           Marussia-Cosworth       1m34.770s  +  5.587  13
23.  Narain Karthikeyan    HRT-Cosworth            1m42.627s  +  13.444 16
24.  Pedro de la Rosa      HRT-Cosworth                                  1

Posted on 16 de Março de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: