Goodsense Racing Team apresenta equipa para 2012

Lamborghini Gallardo LP600+ GT3 de Patrick Cunha e José Ramos

Este ano, formação portuguesa terá, uma vez mais, uma forte presença nas principais competições nacionais de pista, inscrevendo dois Lamborghini Gallardo LP600+ GT3, um Lotus Evora GT4 e um Ginetta G50 GT4, lançando-se no desafio de lutar pelos títulos absolutos, de GT3 e de GT4.

Ao volante dos carros de Sant’Agata Bolognese estarão Patrick Cunha e José Ramos – carro número quatro – ao passo que Jorge Queiroz e Pedro Lopes assumirão os comandos do automóvel número cinco. No Ginetta marcarão presença Carlos Alonso e Nuno Batista, enquanto o Lotus será pilotado por Angela Negrão e Joffrey Didier. Duplas com objectivos distintos, mas unidos pelo desejo de representar as cores do Goodsense Racing Team.

Patrick Cunha – Lamborghini Gallardo LP600+ GT3 #4: Este ano deverão estar em pista mais carros, o que tornará o campeonato mais interessante e também mais competitivo. Ao longo do Inverno o Goodsense Racing Team tem vindo a melhorar o Lamborghini Gallardo LP600+ com o intuito de estarmos mais fortes e, dessa forma, podermos estar na luta pelas vitórias, quer nas corridas quer nos campeonatos – Iberian Supercars Trophy, Campeonato de Portugal de Circuitos e Taça de Portugal de Circuitos.

José Ramos – Lamborghini Gallardo LP600+ GT3 #4: Em 2012 teremos um pelotão mais numeroso, o que dará mais interesse à competição, para lá de a tornar mais competitiva. Durante o defeso o Goodsense Racing Team tem vindo a preparar muito bem a temporada para que possamos abordar os campeonatos em que iremos participar com as melhores armas. O carro está mais rápido e acredito que estamos em boa posição para nos lançarmos na luta pelos títulos.

Ginetta G50 GT4 de Nuno Batista e Carlos Alonso

Jorge Queiroz – Lamborghini Gallardo LP600+ GT3 #5: Este ano vamos ter muitas novidades – carro, circuitos, etc – e, para além disso, tenho pouca experiência, uma vez que só participei em seis corridas. Vejo, portanto, 2012 como um ano de aprendizagem e, paralelamente, de apoio ao outro Lamborghini Gallardo do Goodsense Racing Team. No entanto, eu e o Pepe (Pedro Lopes) vamos entreajudar-nos e, com a cooperação de toda a equipa, iremos dar o nosso melhor e, quem sabe, criar algumas surpresas.

Pedro Lopez – Lamborghini Gallardo LP600+ GT3 #5: 2012 representa um novo desafio, dado que, depois de uma temporada de GT4, vou fazer equipa com o Jorge (Queiroz) ao volante de um Lamborghini Gallardo da categoria GT3. Os campeonatos em que participaremos estão mais competitivos que nunca e, apesar de encararmos a época como mais uma fase de aprendizagem, acredito que poderemos oferecer alguns bons resultados ao Goodsense Racing Team.

Carlos Alonso – Ginetta G50 GT4 #6: Julgo que este ano o campeonato e a categoria GT4 estão mais competitivos, o que tornará o grau de exigência ainda mais elevado. Tenho um colega de equipa novo, o Nuno Batista, com quem evoluirei bastante ao longo da temporada. Estou confiante de que, juntamente com a estrutura técnica do Goodsense Racing Team, conseguimos evoluir o carro e que poderemos iniciar a época em condições de nos batermos pelas vitórias de modo a podermos ter a possibilidade de lutar pelos títulos da categoria.

Nuno Baptista – Ginetta G50 GT4 #6: Esta vai ser a minha primeira temporada de GT mas, nos testes que efectuámos, a minha adaptação foi rápida muito embora o carro tenha tracção traseira – até agora só tinha pilotado automóveis com tracção dianteira – e volante à direita. Penso que o Goodsense Racing Team tem uma estrutura técnica muito forte e no Carlos Alonso tenho o parceiro ideal para me bater pelas vitórias na categoria GT4 e dessa forma lutar pelos títulos em liça.

Lamborghini Gallardo LP600+ GT3 de Pedro Lopez e Jorge Queiroz

Angela Negrão – Lotus Evora GT4 #10: 2012 será um enorme desafio para mim, mas para dizer a verdade os desafios sempre me motivaram. Desde que decidi abraçar este projecto senti um enorme apoio de todos os membros do Goodsense Racing Team, o que me deu a certeza de que estava a tomar a decisão certa. O Lotus é um carro fantástico que, para além de ser muito competitivo, é muito divertido, o que torna a minha adaptação ainda mais fácil, sendo preponderante a ajuda do Patrick (Cunha) – o meu professor – e do Joffrey (Didier) – o meu colega de equipa. Vou dar o meu melhor em cada instante e julgo que poderemos alcançar alguns resultados interessantes.

Joffrey Didier – Lotus Evora GT4 #10: Vai ser um ano cheio de novidades a começar pelo carro… O Lotus é muito bom e foi imediatamente rápido, assim que rodámos com ele no Autódromo do Estoril. Vou ter como colega de equipa a Angela (Negrão) que demonstrou progressos notáveis ao longo do teste, o que me deixou muito satisfeito. Acredito que poderemos protagonizar boas exibições, apesar da forte concorrência, e oferecer bons resultados ao Goodsense Racing Team.

Posted on 11 de Março de 2012, in Campeonato de Portugal de Circuitos, Iberian Supercars Trophy and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: