Armindo Araújo: “Vai ser uma tarefa bastante dura”

Armindo Araújo

Não foram muito animadoras as primeiras impressões retiradas por Armindo Araújo e Miguel Ramalho durante o Shakedown e especial de abertura do Rali do México disputada já esta madrugada de sexta-feira em Guanajuato. O MINI John Cooper Works WRC tem apresentado alguma falta de potência e a tarefa de dupla portuguesa não se adivinha de todo fácil.

Depois ter conseguido realizar apenas uma passagem no Shakedown devido a um problema na direcção assistida, Armindo Araújo alinhou na Qualifying Stage (prova que determina a ordem de partida) com muitas limitações e não teve, por isso, possibilidades de conseguir um bom tempo. “Estou muito desapontado com os problemas que temos sentido desde o shakedown. Na primeira passagem o carro ficou sem direcção assistida, não fizemos a segunda para tentar solucionar o problema e durante a qualificação o carro ficou sem potência e com o acelerador preso. É muito frustrante não poder lutar por um bom tempo mas não havia muito a fazer. Era o segundo a escolher a ordem de partida e optei por ser o primeiro na estrada amanhã”, começou por dizer Armindo Araújo.

Os problemas sentidos durante a manhã fizeram-se sentir em menor número na especial de abertura disputada em Guanajuato mas, as indicações deixadas não de todo as melhores. “Durante a classificativa espectáculo sentimos apenas que o carro continua com falta de potência. Os mapas da electrónica que a Prodrive nos enviou para esta prova simplesmente não funcionam. Estão a tentar resolver o problema mas não sei se será possível melhorar a situação. Vamos arrancar amanhã com a noção que pouco poderemos discutir em termos de resultado mas vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para conseguir lutar contra estas adversidades. Vai ser uma tarefa bastante dura”, disse ainda Armindo Araújo depois de ter disputado a Street Stage de Guanajuato.

As restantes classificativas da primeira etapa do Rali do México disputam-se durante o dia de sexta-feira e início de madrugada de sábado (hora portuguesa), tendo a dupla da equipa WRC TEAM MINI PORTUGAL que ultrapassar 147,21 quilómetros cronometrados, num total de onze provas especiais.

Posted on 9 de Março de 2012, in Sem categoria and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: