E venceu o Sata Rali dos Açores… Andreas Mikkelsen

Andreas Mikkelsen

O derradeiro dia do Sata Rali dos Açores serviu para a maioria dos pilotos cumprirem calendário, mesmo se outros, andando com cautelas, tenham sido obrigados a desistir.

Na luta pela vitória a primeira ronda por Graminhais e Tronqueira, num grande dia de sol, acabou com as dúvidas sobre quem venceria nesta edição. Mikkelsen voltou a ser mais rápido e consistente, e Hanninen, só terá mesmo de se lamentar do erro cometido nas Sete Cidades, pois mesmo mantendo alguma pressão no norueguês, o finlandês teve que se vergar à evidência e superioridade demonstrada por Mikkelsen nesta prova.

Mikkelsen chegou a este rali com um ritmo competitivo enorme, demonstrando rapidez e concentração, o que aos 22 anos de idade lhe dá excelentes perspectivas em termos de futuro no mundo dos ralis. O francês Bryan Bouffier evoluiu muito em termos de condução em terra, mas mesmo assim não teve carro para acompanhar os ritmo dos pilotos oficiais da Skoda, obtendo um excelente 3º lugar, que alcançou por mérito próprio e não por desistências alheias.

Com o piso seco, Sepp Wiegand foi muito mais competitivo do que tinha sido na etapa anterior, superando com alguma facilidade Herman Gassner que acabou por defraudar as expectativas em termos de competitividade. Já Wiegand, no segundo rali da sua carreira em terra, mostrou valor e competitividade, num rali difícil sem cometer qualquer erro.

A dificuldade de Ricardo Moura foi não “adormecer” nos troços tal o ritmo cauteloso em que rodou não só neste último dia como em todo o rali. Uma prova em que o melhor não foi a exibição mas sim os resultados: vitória no Campeonato de Portugal de Ralis e no Campeonato dos Açores de Ralis.

Num dia com poucos destaques, referência para a desistência inglória de Ivo Nogueira, depois de um toque, que lhe retirou importantes pontos para o CPR.

Confira os resultados:

1º Andreas Mikkelsen – Skoda Fabia S2000 2h12m43,2s
2º Juho Hanninen – Skoda Fabia S2000 a 25,1s
3º Bryan Bouffier – Peugeot 207 S2000 a 2m04,8s
4º Sepp Wiegand – Skoda Fabia S2000 a 5m20,3s
5º Hermann Gassner Jr – Skoda Fabia S2000 a 6m23,9s
6º Ricardo Moura – Mitsubishi Lancer Evo IX a 8m43,5s
7º Oleksander Salyuk – Ford Fiesta S2000 a 10m28,1s
8º Sérgio Silva – Subaru Impreza WRX a 16m00,1s

Posted on 25 de Fevereiro de 2012, in IRC, Ralisonline.net and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: