Mercedes apresenta oficialmente o Mercedes W03

W03 da Mercedes

Foi na manhã desta terça-feira, no pit-lane do circuito de Montmeló, em Barcelona, que a Mercedes apresentou, agora de maneira oficial, o W03, carro com o qual vai disputar o Mundial de 2012 A cerimónia foi bastante simples e contou com a presença dos pilotos titulares, Nico Rosberg e Michael Schumacher, além de Ross Brawn, chefe de equipa, e de Norbert Haug, vice-presidente da construtora alemã.

Até mesmo pelo facto de imagens do W03 terem sido reveladas na internet na semana passada, a cerimónia foi marcada apenas para oficializar o lançamento. Desta forma, o modelo prateado não compreende nenhuma novidade e conta, assim como a maioria dos outros carros da F1 para 2012, com o peculiar degrau no bico para se adequar ao novo regulamento da categoria que prevê altura menor, 55 cm, na dianteira.

Outra mudança significativa em relação ao W02 é que o novo modelo da equipa de Brackley compreende também mudanças no projeto dos escapes, que foram alterados para impedir o benefício aerodinâmico dos gases no difusor aquecido, banido pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para a nova temporada da F1.

Pelo menos de maneira oficial, Michael Schumacher será o responsável por guiar o W03 pela primeira vez. A estreia do carro prateado, que já foi submetido a um shakedown em Silverstone e a um treino particular, também em Barcelona, acontecerá nesta terça, quando a F1 inicia a segunda séries de testes da pré-temporada. Rosberg assume a condução do carro na quarta.

A Mercedes adotou postura diferente das rivais e optou por adiar o lançamento do W03, apresentando o novo modelo pouco mais de duas semanas depois das principais adversárias. A escuderia de Brackley decidiu trabalhar melhor na compreensão dos novos pneus da Pirelli e usou o carro do ano passado, o W02, durante a execução do primeiro treino da pré-temporada, em Jerez.

Detalhe do degrau do W03

A expectativa da esquadra prateada é que 2012 finalmente represente um passo à frente em relação às duas temporadas anteriores, quando a Mercedes figurou na quarta posição do Mundial de Construtores. A equipa não poupou esforços para construir uma equipa vencedora na sua terceira temporada desde o regresso à F1. Profissionais renomados, como o diretor-técnico Bob Bell, Aldo Costa, ex-Ferrari, e Geoff Willis, com passagens por Williams, BAR, Red Bull e HRT, vieram para reforçar a equipa liderada por Ross Brawn.

Campeão mundial pela sua própria equipa em 2009, o dirigente britânico acredita que chegou a hora de a Mercedes evoluir na F1. “O W03 é um carro que acredito e espero, e nossa equipa pode-se orgulhar disso, que vai entregar os resultados na pista que todos trabalhamos duro para conseguir. Apesar do distinto desenho no bico, o W03 é uma interpretação elegante dos regulamentos em vigor e um claro passo em frente em relação ao seu antecessor em termos de detalhes do design e de sofisticação”, disse o comandante da Mercedes ao site da equipa.

No ano passado produzimos um carro bastante arrojado, e apesar dos seus elementos mais radicais não terem apresentado os resultados que nós esperávamos, a experiência que nós adquirimos foi inestimável no projeto do carro de 2012. O W03 é também um pacote mais integrado, que reflete cada vez mais o fortalecimento das nossas equipas técnicas em Brackley e Brixworth, e demonstra que nossas equipas de trabalho nas Flechas de Prata estão a dar um passo à frente em termos de performance na pista”, acrescentou Ross.

Rosberg, que foi o primeiro piloto a guiar o novo W03 durante o shakedown em Silverstone, na semana passada, mostrou-se animado com o carro prateado. “Tivemos um bom começo com nosso programa de testes de 2012, e foi muito bom completar as primeiras voltas no novo F1 W03”, comentou o alemão.

Schumacher já correu esta manhã com o W03

O carro parece bom e tem um pacote muito bom, com todas as peças em harmonia, o que reflete o quanto setores diferentes da nossa equipa trabalharam tão bem juntos. Desde o começo da nossa jornada, conseguimos focar na compreensão do carro e temos feito avanços com nosso programa de testes. Será muito interessante aprender mais para saber onde nós estaremos nas próximas semanas”, complementou Nico.

Oiloto mais velho em atividade na F1, Schumacher, de 43 anos, revelou ansiedade e exaltou o trabalho feito pelos trabalhadores na Mercedes durante a construção do novo carro. “Mesmo depois de todos esses anos, devo dizer que isto é especial. Dias como estes são momentos preciosos, pois eles são sempre cercados de esperança e expectativa.

Já na semana passada, quando nós guiamos o F1 W03 pela primeira vez, logo de cara deu-nos boas sensações e um bom feedback”, emendou Michael, que abre a primeira série de testes da pré-temporada da equipa com o carro novo.

A partir de hoje, vamos trabalhar intensivamente para torná-lo um carro competitivo. Obviamente só vamos ver apenas nas próximas semanas o quanto avançamos, mas já posso dizer que todos as pessoas das fábricas de Brackley e Brixworth foram brilhantes ao se esforçarem tanto, e só podemos agradecê-los. Sei bem a recompensa que eles gostariam de receber, e vamos tentar corresponder. Da minha parte, estou pronto para lutar novamente, ansioso para esta nova temporada, e mal posso esperar para começar”, concluiu Schumacher, demonstrando estar cada vez mais motivado por estar na F1.

Posted on 21 de Fevereiro de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: