Kimi Raikkonen inicía testes com o tempo mais rápido da manhã

Kimi Raikkonen

Pouco mais de dois meses depois do GP do Brasil, última corrida da temporada passada, a F1 abre 2012 com o início dos testes de inverno, que nesta semana, serão realizados no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha. E a manhã da primeira sessão da pré-temporada, nesta terça-feira, foi liderada por Kimi Raikkonen. De volta à F1 após dois anos a correr no Mundial de Rali, o finlandês levou a Lotus ao topo da tabela de tempos ao marcar 1:19:670.

O campeão mundial de 2007 completou 44 voltas com o novo E20 no circuito andaluz. Apenas Felipe Massa, com Ferrari, Paul di Resta, da Force India, e Nico Rosberg, pela Mercedes, andaram mais. Com uma boa volta estabelecida pouco antes do intervalo para o almoço, Di Resta levou o Force India VJM05 ao segundo posto, relegando Rosberg e chegando próximo da marca de Raikkonen, 1:19:772, apenas 0,102s mais lento que o finlandês.

Rosberg marcou o terceiro melhor tempo da manhã, 1:20:219, 0,549s acima do tempo do piloto da Renault. A escuderia prateada, no entanto, trabalha em Jerez com o carro do ano passado, o W02. A Mercedes visa aproveitar os treinos em Jerez para colher dados dos novos pneus Pirelli. Já o novo carro, o W03, estreia-se apenas nos treinos de Barcelona, dentro de duas semanas.

Daniel Ricciardo fez bom treino com o novo modelo da Toro Rosso, o STR7, e fechou a manhã com o quarto melhor tempo, seguido por Kamui Kobayashi, que guiou o também recém-lançado Sauber C30 no circuito andaluz. Entretanto, o japonês, que completou apenas 19 voltas, realizando quase 2,5s acima do tempo do líder da manhã na Espanha.

Felipe Massa

Jenson Button, já com o novo McLaren, marcou o sexto tempo na abertura dos trabalhos em Jerez, uma posição à frente de Massa. A Ferrari fez muito mistério no circuito andaluz ao procurar esconder de todas as formas as inovações adotadas para a traseira e o sistema de escape do novo F2012. A escuderia de Maranello fez vários testes usando o flow-viz, uma tinta amarela fluorescente, colocada no aerofólio traseiro, para avaliar o fluxo de ar. O brasileiro ficou em sétimo após completar 45 voltas, 3,145s atrás de Raikkonen.

Heikki Kovalainen levou o novo Caterham CT01, que fez a sua primeira aparição pública nesta terça-feira ao oitavo posto. O finlandês bateu Pastor Maldonado, que conduziu o recém-lançado Williams FW34, agora a contar com motor Renault, à nona posição. Mark Webber, da bicampeã mundial Red Bull, completou apenas quatro voltas e ficou longe dos líderes, terminando em décimo. Pedro de la Rosa, de volta à F1 como titular da HRT, fechou a lista dos pilotos que treinaram em Jerez.

O dia começou com bastante frio e névoa no circuito andaluz. Os termómetros marcavam 3,8ºC de temperatura de ar e 10ºC na pista. Era chegado o momento de, após os inúmeros lançamentos nos últimos dias, finalmente todos irem à pista, a maioria, com exceção de Mercedes e HRT com carros novos.

E o que se viu, logo no começo dos treinos, foi a presença de Kimi Raikkonen no topo da tabela de tempos. O finlandês completou poucas voltas de instalação até marcar um tempo já bastante competitivo, 1min20s9. O novo piloto da Lotus completou uma boa sequência de voltas rápidas com o E20 e não enfrentou qualquer problema mecânico no seu carro preto e dourado.

Ao mesmo tempo em que as condições climáticas melhoravam, os pilotos começavam a deixar as boxes para a execução das voltas rápidas. Desta forma, Massa, Di Resta, Kobayashi, Maldonado Ricciardo, Kovalainen e Pedro de la Rosa registaram os seus primeiros tempos em Jerez, mas nenhum deles ficou perto de ameaçar Raikkonen, que continuava na pista a fazer voltas num ritmo mais lento, já que havia substituído os compostos macios pelos médios.

Já a Rosberg conduziu a Mercedes em alguns longos stints para avaliar melhor os pneus Pirelli. O alemão chegou a ocupar a segunda melhor marca da sessão, ficando somente atrás de Raikkonen.  Por sua vez, Button e Webber completaram voltas cronometradas apenas no fim da manhã, justificando assim a posição na tabela, já que McLaren e Red Bull, respetivamente, usaram o período para algumas voltas de instalação.

Também no fim da manhã, Ricciardo mostrou bom rendimento e levou o seu Toro Rosso à terceira posição, ficando apenas atrás de Raikkonen e Rosberg. Mas Di Resta quebrou a barreira de 1min20s e levou a Force India à segunda posição, com apenas 0,1s de desvantagem para o finlandês da Lotus.

Confira os tempos da manhã:

Pos Driver Team Time Laps
 1.  Kimi Raikkonen       Lotus-Renault         1m19.670s    50
 2.  Paul di Resta        Force India-Mercedes  1m19.772s    52
 3.  Nico Rosberg         Mercedes              1m20.219s    56
 4.  Daniel Ricciardo     Toro Rosso-Ferrari    1m20.694s    40
 5.  Mark Webber          Red Bull-Renault      1m21.474s     8
 6.  Kamui Kobayashi      Sauber-Ferrari        1m21.534s    29
 7.  Jenson Button        McLaren-Mercedes      1m22.402s    22
 8.  Felipe Massa         Ferrari               1m23.056s    51
 9.  Heikki Kovalainen    Caterham-Renault      1m23.178s    32
10.  Pastor Maldonado     Williams-Renault      1m23.371s    23
11.  Pedro de la Rosa     HRT-Cosworth          1m24.322s    16

Posted on 7 de Fevereiro de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: