Prodrive perde estatuto de equipa oficial da Mini no WRC

A Prodrive deixa de ser a equipa de fábrica da Mini

A Mini anunciou nesta segunda-feira que a Prodrive não será mais a responsável pela sua equipa de fábrica no Mundial de Rali. O anúncio chega após um desentendimento entre as duas empresas sobre o financiamento do programa no WRC, apesar do bom desempenho da equipa na sua temporada de estreia na competição.

A partir de agora, a WRC Team Mini Portugal representará a fábrica no campeonato, tendo o português Armindo Araujo e o brasileiro Paulo Nobre como pilotos. A Prodrive, por outro lado, passa a ser uma equipa satélite dentro do WRC.

A empresa, no entanto, que trabalhou ao lado da BMW no desenvolvimento do carro que se estreou no WRC no ano passado, permanece a responsável pela construção e suporte do Mini John Cooper Works das equipas-clientes, além de continuar a trabalhar com o grupo BMW no desenvolvimento futuro do carro.

Estou muito contente que o futuro da Mini no WRC tenha sido assegurando por um longo período de tempo”, disse Dr. Kay Segler, vice-presidente da Mini. “Seguimos convencidos de que o rali é perfeitamente adequado à nossa marca. A situação em que nos encontramos agora significa que a família da Mini Motorsports pode, e vai, continuar a crescer no cenário do rali. Com três pódios em apenas sete ralis no Mundial, a Mini John Cooper Works já provou enfaticamente o seu potencial”, continuou.

Estou confiante que os nossos clientes ao redor do mundo vão continuar a empolgar os fãs da Mini com este carro nos próximos anos. A FIA estava tão interessada em assegurar um contrato longo da Mini no WRC quanto nós estávamos, e estava ativamente envolvida na procura por uma solução construtiva. Somos gratos pela boa cooperação e compreensão que nos mostraram”, falou.

Ainda, Segler agradeceu o trabalho desempenhado por toda a equipa da Prodrive e disse estar ansioso para trabalhar com a empresa de David Richards no futuro. “Com muito entusiasmo e trabalho duro, a equipa da Prodrive teve um papel muito importante no notável sucesso desportivo que conquistamos nas nossas primeiras participações com o Mini John Cooper Works. Em nome da Mini Motorsport, gostaria de agradecer a todos na Prodrive pelos seus esforços até aqui e estamos ansiosos em trabalhar com eles no apoio aos clientes do nosso Mini John Cooper Works no futuro”, concluiu.

Aparentemente, ainda não há detalhes da permanência da equipa liderada por Daniel Sordo no WRC, mas existe a possibilidade de que a equipa satélite marque pontos para a fábrica graças a um acordo com a FIA.

Uma fonte ligada a Prodrive garantiu à que não haverá mudança na equipa que trabalha com o Mini John Cooper Works na etapa da Suécia. “Na Suécia nesta semana, ninguém irá notar diferença alguma. A nossa equipa continua igual. A principal diferença ainda será discutida com a FIA”, explicou. “Não há duvidas de que o Dani continuará na equipa e é nossa intenção competir com ele até o fim da temporada”, concluiu.

Posted on 6 de Fevereiro de 2012, in WRC and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: