McLaren fala em ‘reformulação’ em relação ao 2011

Lewis Hamilton e Jenson Button

Assim que Lewis Hamilton e Jenson Button removeram o tecido que escondia o McLaren MP4-27, apresentado ao mundo nesta quarta-feira, em Woking, a sensação visual é que o novo modelo não tinha muitas diferenças em relação ao carro usado pela equipa na última temporada. Entretanto, de acordo com Tim Goss, chefe de engenharia da McLaren, entende que as aparências enganam o suficiente para esconder várias mudanças internas em comparação ao MP4-26 que deu a Jenson Button o vice-campeonato mundial em 2011.

Goss, assim como toda a cúpula da McLaren e também os pilotos, mostrou-se otimista com o carro que será usado na temporada de 2012. O engenheiro deixou claro que as mudanças são praticamente imperceptíveis, com exceção da saída lateral de ar, que era em formato de ‘U’ no MP4-26, mas foi substituída por uma versão mais convencional no carro apresentado nesta quarta.

Nós estabelecemos metas mais rigorosas e ambiciosas, e pretendemos corresponder já na primeira corrida e ter um carro vencedor”, avisou. “Este carro está completamente reformulado, desde o bico até à parte traseira. Um pouco do sistema de combustível é o mesmo, mas quase tudo nele foi modificado”, disse.

O engenheiro, que destacou a estabilidade no regulamento da F1 para 2012. Poucas mudanças foram promovidas em relação à temporada passada. A mais importante foi o banimento do uso do difusor aquecido, o que implicou em mudanças no assoalho e também no projeto dos tubos de escape, utilizado para ganho de downforce.

MP4-27

Apesar de não se ver, há muita coisa que mudou para este carro. Entretanto, neste ano temos visto uma evolução no conjunto de regras, por isso há menos imprevisibilidade nos recursos usados para obter o equilíbrio entre as temporadas”, comentou.

Acho que a mudança mais óbvia está na perda da saída de ar lateral em ‘U’, que foi pioneira no carro do ano passado. Revertemos para uma saída de ar mais convencional para esta temporada porque o formato em ‘U’ foi o menos adequado para a nova geometria das restrições dos tubos de escape”, justificou Goss.

Paddy Lowe, diretor-técnico, disse que espera dias ainda melhores para a McLaren, principalmente no uso dos pneus. “Os nossos principais objetivos para a temporada de 2012 estão em melhorar o downforce, apesar das mudanças no assoalho, e melhorar a nossa compreensão e utilização dos pneus da Pirelli, que eram novos para nós no ano passado.

Um dos desafios mais satisfatórios [em relação à temporada passada] foi conseguir desenvolver e aumentar nosso conhecimento dos pneus da Pirelli. É nossa segunda temporada com eles, 2011 foi um ano de muita aprendizagem. Temos usado a nossa experiência dos últimos 12 meses no projeto do layout do carro, aerodinâmica e na dinâmica para melhorar o uso do pneu”, acrescentou o comandante da área técnica da McLaren.

Posted on 1 de Fevereiro de 2012, in Fórmula 1 and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: