Nani Roma supera Robbie Gordon por 5s; Portugueses em bom plano

Nani Roma

Há duas certezas na edição 2012 do Dakar: o Hummer é o carro dominante, mas também precisa evitar pequenos problemas ao longo do percurso para transformar esse desempenho em vitórias. Nesta segunda-feira, Robby Gordon, com a máquina americana, tinha tudo para ficar a vencer, mas o piloto da Nascar terminou em segundo, na chegada à Antofagasta, apenas 5s atrás do líder Nani Roma, da Mini.

Gordon foi o segundo piloto a largar em Copiapó, já que terminara nessa posição a etapa de sábado. Na frente do americano, apenas o companheiro de equipa, Nasser Al-Attiyah. A partir daí, os problemas dos Hummer começaram. O piloto do Qatar foi obrigado a fazer duas paragens no início do percurso, sendo uma por conta de um pneu furado, perdendo 18min em relação ao líder.

Sem Al-Attiyah, Gordon passou a ditar o ritmo das actividades, mas o americano perdeu muito tempo a partir do primeiro posto de reabastecimento. Antes na frente, os Hummer tornaram-se perseguidores. Melhor para Nani Roma, que saltou para a primeira posição e passou a liderar o ataque dos Mini, seguido pelos companheiros Krzysztof Hollowczyc e Stéphane Peterhansel, que se alternavam no segundo posto.

Robby Gordon, beneficiado pela velocidade dos Hummer, pouco a pouco foi tirando a diferença para os Mini e quase deu certo. O americano terminou a especial apenas 5s atrás do vencedor, Roma, que concluiu o dia em 4h25min44s. Embora a vitória tenha escapado por pouco, o resultado do piloto da Nascar foi importantíssimo na classificação geral, já que Stéphane Peterhansel, o líder, concluiu a etapa apenas na quarta posição.

Com os resultados, Gordon tirou 5min33s para Peterhansel e agora está apenas 7min36s atrás na classificação geral, restando seis etapas.

A terceira posição em Antofagasta foi de Holowczyc, com um atraso de 2min04s para o líder. Peterhansel foi o quarto e Al-Attiyah conseguiu minimizar o prejuízo ao terminar em quinto, com 8min09s de déficit para Roma. O grupo dos dez primeiros ainda teve Ginniel De Villiers, o português Carlos Sousa, Leonard Novitskiy, o também português da Mini X-Raid Ricardo Leal dos Santos e Duncan Vos.

Na classificação geral, Peterhansel continua na frente, mas Robby Gordon está cada vez mais próximo. Holowczyc e Nani Roma aparecem na sequência. Mesmo com os problemas, Al-Attiyah é o em sexto, mas já está 45min25s atrás. Carlos Sousa encontra-se em sétimo, atrás de Leonid Novitskiy da Mini. Já Ricardo Leal dos Santos, o português já se encontra dentro do top 15, assumindo exactamente a 15ªposição.

Posted on 9 de Janeiro de 2012, in Dakar and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: