Stéphane Peterhansel vence e recupera liderança; Portugueses em bom plano

Stéphane Peterhansel

Mais uma vez Nasser Al-Attiyah terá de demonstrar poder de reacção se quiser lutar pelo bicampeonato do Rali Dakar. O catariano liderou praticamente toda a quarta especial da prova, disputada nesta quarta-feira, entre as cidades argentinas de San Juan e Chilecito, em La Rioja. Entretanto, o piloto da equipa de Robby Gordon enfrentou uma falha noseu Hummer H3 quando faltavam apenas 40 km para a conclusão da etapa.

Stéphane Peterhansel, que vinha logo atrás, passou o rival na luta pelo título, venceu a primeira em 2012, a terceira da Mini X-Raid, e assumiu a liderança da competição dos carros. Ao lado do copiloto Jean-Paul Cottret, o multicampeão do Dakar concluiu os 326 km de especial em 3h49min33s, com grande vantagem perante os rivais. O dia marcou o óptimo desempenho do piloto da casa, Orlando Terranova. Guiando um Toyota Hilux da equipa Overdrive, o piloto, ao lado do navegador Andy Grider, concluiu o dia a apenas 5min19s de Peterhansel.

Giniel de Villiers e Dirk Von Zitzewitz completaram o bom desempenho da Toyota no Dakar e fechou o top-3 da especial, chegando em La Rioja a menos de 2 min do argentino Terranova. O prejuízo foi enorme para Nasser. O catariano e o seu companheiro de equipa, o navegador espanhol Lucas Cruz, receberam a ajuda de Robby Gordon para reparar o Hummer a tempo de completar a etapa. Al-Attiyah fechou em 16º no dia, com 26min51s de desvantagem para o novo líder do Dakar.

Os vencedores na especial anterior, entre San Rafael e San Juan, Nani Roma e Michel Périn terminaram a quarta-feira com o quarto melhor tempo. Também como Mini da equipa X-Raid, assim como o duo franco-espanhol, Krzysztof Holowczyc, então líder da classificação geral, desta vez ficou longe da vitória e chegou com Jean-Marc Fortin em Chilecito com apenas o quinto tempo da especial, distante 10min51s do vencedor.

Guiando o carro da construtora chinesa Great Wall, o português Carlos Sousa foi um dos destaques do dia ao conduzir o seu Haval à sexta posição ao lado do copiloto Jean-Pierre Garcin. A lista dos dez primeiros de uma especial do Dakar teve dois novos integrantes nesta quarta: Erik Wewers foi o mais rápido com Mitsubishi ao longo do dia. No comando do Lancer, o holandês e o seu navegador, o belga Fabien Lurquin, garantiu o sétimo melhor tempo. Duncan Vos e Robert Howie consolidaram o óptimo dia da Toyota Overdrive ao colocar o terceiro carro da equipa no top-10, mais exactamente no oitavo posto.

Depois de um dia bastante complicado, Guilherme Spinelli voltou a figurar entre os dez primeiros. O brasileiro, acompanhado do navegador Youssef Haddad, foi o nono melhor do dia com seu Mitsubishi Lancer, fechando a 14min11s de Peterhansel. O duo brasileiro bateu dois carros da Mini X-Raid, Leonid Novitskiy/Andreas Schulz e o português Ricardo Leal dos Santos/Paulo Fiúza. Quanto a Francisco Pita, o português ainda não concluiu a especial.

Peterhansel lidera a classificação geral com 5min41s de vantagem para De Villiers. Nani Roma subiu para terceiro. Pior para Holowczyc, que caiu de primeiro para quarto lugar. Quem também perdeu posições na lista dos melhores do Dakar foi Robby Gordon, que agora é o quinto, 16min23s atrás de Stéphane. Novitskiy permanece entre os dez primeiros da competição e agora ocupa o sexto posto, ultrapassando Nasser Al-Attiyah, que está 30min44s longe da liderança, faltando ainda dez etapas para o fim do Dakar.

O português Carlos Sousa está numa positiva oitava posição, tendo em conta o carro em que percorre a prova. O piloto argentino melhor classificado no Dakar pilota um Toyota Hilux, mas não é Terranova. Lucio Alvarez continua no top-10, mas perdeu três posições em relação à terça-feira e agora está em nono. Wevers completa o top 10 e é o melhor representante da Mitsubishi no Dakar. Ricardo Leal dos Santos, por enquanto, encontra-se na 30ªposição, numa clara recuperação após o dia de ontem, em que efectuava uma excelente etapa, só que ficou atascado a poucos quilómetros do final da etapa, perdendo 2h.

Posted on 4 de Janeiro de 2012, in Dakar and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: