Carlos Sousa ficou em 6ºlugar na etapa inaugural

Carlos Sousa

Carlos Sousa entra bem no Dakar 2012 ao garantir o sexto melhor tempo na etapa inaugural da prova. O piloto português foi uma das boas surpresas neste início de rali, colocando-se entre o grupo da frente da competição automóvel. Mesmo acusando alguma falta deritmo e sem ter ainda total confiança no novo carro, foi o sexto mais rápido a concluir os 57 km do primeiro troço cronometrado desta edição, num excelente prenúncio para as aspirações do piloto oficial do Team Great Wall Motors neste Dakar 2012.

Fiquei algo surpreendido pelo resultado final, uma vez que não senti ainda total confiança no carro e acusei alguma falta de ritmo nos primeiros quilómetros. Nesse contexto, este resultado foi uma surpresa bastante positiva, numa especial de dificuldade média e já com pistas muito técnicas e algo acidentadas pela passagem das motos.

Apesar de tudo, a maior dificuldade deste primeiro dia de competição foi mesmo o desconforto sentido por Carlos Sousa relativamente à posição de condução, algo que o piloto já se tinha queixado durante os testes realizados com a equipa em Marrocos:

Vinha sentado muito junto ao volante e sem muito espaço para fletir os braços. Isso foi notório sobretudo na passagem pelas primeiras dunas, que por serem muito macias e terem muito público à volta obrigavam-me a muitas correções com o volante. Enfim, é algo que vamos agora corrigir na assistência, embora sabendo de antemão que o habitáculo deste Great Wall é um pouco mais apertado que o do Mitsubishi a que estava habituado. À parte disso, tudo está perfeito com o carro, pelo que vamos já começar a concentrarmo-nos na etapa de amanhã, que será bastante mais longa e rápida do que esta, exigindo grande concentração de início a fim“, concluiu o piloto no final deste primeiro dia de competição, onde ficou somente a três segundos de figurar já no top-5 da classificação geral.

Relativamente à etapa de amanhã, que ligará Santa Rosa de la Pampa a San Rafael, na Argentina, terá um total de 777 km, incluindo 290 km de troço cronometrado, numpercurso que incluirá pistas muito rápidas de início e a passagem por uma série dedunas na aproximação a Nihuil, região que no passado conheceu uma intensaatividade vulcânica, sendo a sua paisagem ainda dominada por tons cinzentos.

Posted on 1 de Janeiro de 2012, in Dakar and tagged . Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: